sábado, 28 de novembro de 2020

Mulher de 51 anos é assassinada a tiros em Jaboatão e polícia investiga feminicídio

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: O crime aconteceu nas proximidades do Cemitério da Muribeca, na noite de sexta (27). Para a polícia, há a possibilidade de participação de um ex-companheiro da vítima.

Uma mulher e 51 anos foi assassinada a tiros no bairro da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes,                          no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, o crime está sendo investigado com o feminicídio,                   quando a vítima é morta por causa do gênero.

O assassinato ocorreu na noite de sexta-feira (27), na Rua Doze,                     nas imediações do Cemitério da Muribeca. A polícia investiga a                possível participação de um ex-companheiro da vítima.

O nome da vítima não foi divulgado pela polícia. Por meio de nota,          divulgada neste sábado (28), a corporação informou que a mulher                     foi atingida por disparos de arma de fogo e morreu no local.

Um inquérito policial foi aberto para investigar o feminicídio e apontar                   a autoria e a motivação. O crime está sendo apurado pelo                  Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Estatísticas

Em outubro deste ano, Pernambuco registrou 333 homicídios, de             acordo com os números divulgados pela Secretaria de Defesa                        Social (SDS).

Isso representa um aumento de 5,7% em relação ao mesmo mês                     em 2019. Ao todo, desde janeiro deste ano, o estado registrou                     3.171 mortes violentas, 10,3% a mais do que as 2.876                               contabilizadas no mesmo período do ano passado.

Houve um aumento de 31,1% no número de Crimes Violentos                        Letais Intencionais (CVLIs) registrados no Recife, que saiu de                             45 para 59 casos em outubro de 2020. A Região Metropolitana,                            sem contar com a capital, reduziu de 103 para 84 homicídios no                       décimo mês do ano, o que equivale a uma queda de 18,45%.                                Também em outubro, houve diminuição de 4,1% nos índices de                 violência doméstica e familiar contra a mulher no estado. Foram                        3.903 registros nesse mês no ano passado e 3.743 neste ano. Houve               queda também no acumulado do ano, entre janeiro a outubro: de                35.163 casos em 2019 para 33.666 em 2020, o que corresponde                         a 4,26%.

No mesmo mês, os casos de estupro caíram 28,19%. Foram 163                      em outubro de 2020, contra 227 nesse mês do ano passado. No                acumulado do ano, a queda foi de 13,79%, saindo de 2.182 casos                     de estupro em 2019 para 1.881 em 2020. Somente no Recife,                       foram 313 registros, segundo a SDS.

O crime de feminicídio, quando a mulher morre por sua condição                       de gênero, manteve-se em estabilidade, com seis vítimas no mês                         de outubro em 2020 e 2019. O acumulado do ano, por sua vez,                        teve aumento de oito vítimas: 51 em 2019 e 59 em 2020, com alta                           de 15,7%.

Houve 22 casos de mulheres assassinadas tanto em outubro de                    2019 como nesse mesmo mês em 2020. O acumulado do ano                     mostrou um aumento de 18 vítimas, quando comparado janeiro                          a outubro de 2019 com o mesmo período em 2020, saindo de 170                  casos para 188, uma variação de 10,6%.

A SDS afirmou que, apesar da redução nos índices, é preciso levar                      em consideração a subnotificação, já que a maioria desses crimes                 ocorre dentro de casa. Durante a pandemia, a violência contra a                     mulher pode ser denunciada pela Delegacia pela Internet, além das                  unidades da Delegacia da Mulher.      

PE atinge 18,8% de desemprego e registra segunda maior alta do país no terceiro trimestre, diz IBGE

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Segundo dados da PNAD Contínua, divulgados nesta sexta (27), houve aumento de 3,8% da taxa de desocupação, na comparação com o segundo trimestre. Estado empatou com Amapá e ficou atrás da Paraíba.

No terceiro trimestre de 2020, a taxa de desocupação em Pernambuco atingiu 18,8% da população                      de 14 anos ou mais. Neste período, houve um aumento de 3,8%, em comparação ao trimestre anterior,             quando ela foi de 15%. Entre dez unidades da Federação com maior aumento de desemprego, o                           estado ficou em segundo lugar no ranking nacional, ao lado do Amapá e atrás da Paraíba, com 4%.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Trimestral (PNAD Contínua), divulgada nesta sexta-feira pelo           Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda de acordo com o IBGE, a taxa de aumento da desocupação do          período é igual ao percentual registrado no 2º trimestre de 2017.                   Também figura como a mais alta da série histórica, iniciada há oito               anos.

Com o resultado do terceiro trimestre na PNAD Contínua,                     Pernambuco saiu da 9ª para a 5º posição entre as unidades da               Federação com o maior índice de desemprego do Brasil.

Assim, fica atrás da Bahia, Sergipe, Alagoas e Rio de Janeiro. O               percentual também é superior à média nordestina, de 17,8%, e                           à média nacional, que chegou a 14,6%.

O levantamento do IBGE apontou que, no estado, 684 mil pessoas                   de 14 anos ou mais procuraram emprego, mas não conseguiram                encontrar, entre julho, agosto e setembro.                                                                  Neste período, informou o IBGE, as medidas de distanciamento social               no estado por causa da pandemia do novo coronavírus começaram                   a ser flexibilizadas.

No 2º trimestre de 2020, eram 533 mil pessoas na mesma situação.               Isso significa uma variação de 28,3%, o equivalente a 151 mil                     postos de trabalho que deixaram de ser ocupados.

Para o instituto, o aumento na taxa de desocupação tem dois                componentes que devem ser considerados. Um deles é o                       contingente da força de trabalho que estava ocupado no trimestre               anterior e perdeu seu posto.

O outro é a parcela da população que já estava desocupada, mas                     não buscou ocupação por causa da pandemia. O instituto                          ressaltou que, a partir da retomada das atividades econômicas,                    esses trabalhadores se sentiram estimulados a buscar novas                oportunidades no mercado.

Os números da PNAD em Pernambuco também mostram mais uma                 queda no nível da ocupação, indicador que mede o percentual da             população ocupada em relação às pessoas em idade de trabalhar.                    O indicador chegou ao menor nível da série histórica, no 3º trimestre,                 com 37,8%.   

Informalidade

O levantamento do IBGE mostrou também que a taxa de                   informalidade no estado ficou em 48% da população ocupada.                        Isso representa 1,41 milhão de pessoas, entre julho, agosto e                       setembro.                                                                                                                    Assim, o estado ficou na oitava posição no ranking nacional de alta                  de informalidade no Brasil. No 2º trimestre, os trabalhadores na            informalidade  eram 1,36 milhão de pessoas, ou 45,4% da população                  ocupada. O Brasil, por sua vez, tem uma taxa de informalidade                    quase dez pontos percentuais mais baixa: 38,4%.

Desalento

A pesquisa também mostrou que o número de pessoas                      desalentadas passou de 359 mil, no segundo trimestre, para                             402 mil, no terceiro trimestre de 2020. Isso significa uma                               variação de 12,1%.

A população desalentada é definida como aquela que está fora                          da força de trabalho, que não havia realizado busca efetiva por                 trabalho pelas seguintes razões: não conseguir trabalho, ou não                            ter experiência, ou ser muito jovem ou idosa, ou não encontrou                 trabalho em sua localidade e que, se tivesse encontrado trabalho,                  estaria disponível para assumir a vaga.

A PNAD Contínua Trimestral apontou, ainda que, no 3º trimestre                        de 2020, a taxa composta de subutilização da força de trabalho,                        em Pernambuco, voltou a subir, passando de 36,2% para 38,6%                        da população ocupada. Ela mede o percentual de pessoas               desocupadas, subocupadas por insuficiência de horas trabalhadas                     e na força de trabalho potencial em relação à força de trabalho              ampliada.

Setores

No terceiro trimestre de 2020, houve, segundo o IBGE, uma                    variação  positiva de 2,4% na quantidade de pessoas na força                             de trabalho, que inclui tanto as pessoas ocupadas quanto as                          pessoas desocupadas.

No entanto, o total da população ocupada registrou variação                       negativa de 2,2%. No setor privado, excetuando os trabalhadores          domésticos, houve uma estabilidade tanto no número de postos                         de trabalho com carteira quanto sem carteira. Entre os                     trabalhadores domésticos, os trabalhadores familiares                              auxiliares e os empregadores, também não houve alterações            significativas.

Neste semestre o maior impacto entre a população ocupada                               foi observado no setor público, que teve queda de 17,3% nos                      postos de trabalho, reduzidos de 513 mil para 425 mil.

Entre os profissionais que trabalham por conta própria, houve                                uma queda de 29,6% entre quem possuía CNPJ, ao passo que os    trabalhadores sem CNPJ aumentaram 6,8%.                                                            

No Brasil

desemprego no Brasil saltou para uma nova taxa recorde                        de 14,6% no trimestre encerrado em setembro, afetando 14,1                    milhões de pessoas, segundo dados do IBGE .

O índice de 14,6% corresponde a um aumento de 1,3 ponto                       percentual em relação ao 2º trimestre (13,3%), e de 2,8 pontos               percentuais frente ao mesmo intervalo do ano passado (11,8%).

"Essa é a maior taxa registrada na série histórica do IBGE, iniciada                   em 2012, e corresponde a 14,1 milhões de pessoas. Ou seja,                             mais 1,3 milhão de desempregados entraram na fila em busca                          de um trabalho no país", informou o IBGE.               


                                                                         

Carpina: rapaz morto a tiros no bairro de Santo Antônio

 Segundo o site https://pernambuconoticias.com.br: Um rapaz de 23 anos foi assassinado a tiros nesta última sexta-feira (27) no bairro de Santo Antônio, em Carpina. A ocorrência foi registrada na rua José Machado Ferreira e teve como vítima Rodrigo Lucas de Souza Silva.

A vítima estava trafegando numa motocicleta, modelo HONDA BROS 160, quando ao parar o veículo foi atingido com tiros de pistola. Os criminosos estavam ocupando um veículo modelo ECOSPORT de cor branca e de placa não informada. A vítima foi atingida com quatro dos seis tiros efetuados pelo bando.

Rodrigo não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A PM e a Polícia Civil estiveram no local e após o registro da ocorrência o corpo do rapaz foi encaminhado ao IML do Recife.

Ibimirim: Idosos assassinado a tiros em terras da Aldeia Maniçoba

 Segundo o site https://pernambuconoticias.com.br: Um idoso que tinha 72 anos foi assassinado a tiros em terras da Aldeia Indígena Maniçoba, zona rural de Ibimirim, sertão de Pernambuco.

Naval José de Carvalho foi encontrado próximo da casa onde morava, uma área de difícil acesso da localidade. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime, que já está sendo investigado pela Polícia Civil local. O corpo foi identificado e encaminhado ao IML da região.


Polícia Federal cumpre mandado e apreende computador na Secretaria de Educação de Paulista

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Mandado foi cumprido nesta sexta-feira (27) a pedido da Justiça Eleitoral. Computador apreendido vai passar por perícias, segundo a PF.

A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta sexta-feira (27), um mandado de busca e apreensão na Secretaria de Educação de Paulista, no Grande Recife. Segundo a corporação, um computador foi apreendido e vai passar por uma perícia técnica para apurar irregularidades nas eleições municipais.

O mandado foi cumprido a pedido da Justiça Eleitoral. Um oficial de                    Justiça foi acompanhado por policiais federais para fazer a busca.                         A PF também informou que, caso seja comprovada alguma                    irregularidade, um inquérito policial vai ser instaurado para apurar                         o caso.

Em Paulista, disputam o segundo turno Francisco Padilha                        (PSB) e Yves Ribeiro (MDB). Ao fim da apuração do primeiro turno,                    de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Yves teve                       51.351 votos (34,98%), ante 38.372 votos de Padilha, o que                          representa 26,14%.

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) disse ao                  G1 que a decisão está me segredo de Justiça, por isso não poderia                 informar o teor dela. A reportagem também entrou em contato com o               Ministério Público de Pernambuco para saber do que se trata o                   mandado cumprido, mas não obteve resposta até a última                  atualização desta reportagem.

Procurada pelo G1, a prefeitura de Paulista informou que o mandado            cumprido deriva de uma denúncia feita pela gestão do atual prefeito,                    Júnior Matuto (PSB), contra o vice dele, Jorge Carreiro (PV), que               assumiu a prefeitura nas vezes em que o chefe do Executivo foi                     afastado judicialmente por investigações de crimes como                     peculato e lavagem de dinheiro.

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Preços sobem até 15,7% antes da Black Friday

 Segundo o site https://www.linkedin.com: Segundo estudo do site JáCotei, maiores aumentos foram em aparelhos de ar-condicionado (15,7%), climatizadores de ar (14,7%) e fritadeiras sem óleo (10,8%). O que você pensa da notícia? Participe da conversa.


Um levantamento feito pelo site de comparação de preços JáCotei revelou que os preços de produtos antes da Black Friday subiram em média 5%, com alta de até 15,7%. A plataforma, que conta com 20 milhões de produtos em mil lojas, comparou ofertas entre os dias 27 de setembro e 18 de novembro. As mercadorias que registraram os maiores aumentos pré-Black Friday foram aparelhos de ar-condicionado (15,7%), climatizadores de ar (14,7%) e fritadeiras sem óleo (10,8%).

LINK: https://lnkd.in/d8ekZQw