segunda-feira, 20 de maio de 2019

Bolsonaro viajará para Pernambuco na sexta-feira

Segundo o site https://jconline.ne10.uol.com.br: O presidente entregará casas populares e anunciará mais verbas para obras de infraestrutura
Roteiro da viagem de Bolsonaro ao Estado inclui visita ao Recife
Foto: Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro decidiu fazer uma ofensiva em território quase todo comandado por governadores da oposição. Na semana seguinte aos maiores protestos de rua contra seu governo, Bolsonaro fará a primeira viagem oficial ao Nordeste, para entregar casas populares e anunciar mais verbas para obras de infraestrutura. É nessa região que o presidente registra as piores avaliações - para 40% dos nordestinos, o governo é ruim ou péssimo, conforme o Ibope.
O roteiro tomará toda a sexta-feira (24). Em Petrolina (PE), Bolsonaro vai entregar um conjunto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida. Em Recife (PE), deverá anunciar um acréscimo de R$ 2,1 bilhões ao Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, a ser usado em obras de infraestrutura. Ao todo, o fundo passará a ter R$ 25,8 bilhões em 2019.
Oficialmente, a viagem marcará o lançamento do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), elaborado pela primeira vez, no âmbito da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O presidente vai se reunir, no Instituto Ricardo Brennand, complexo cultural da capital pernambucana, com 11 governadores. Todos da região confirmaram presença - Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Além deles, irão os governadores de Minas Gerais e Espírito Santo, abrangendo parte do Sudene. Parlamentares nordestinos, que cobravam a ida do presidente à região, também estão sendo convidados.
Na primeira entrevista após assumir o cargo, Bolsonaro disse que os governadores nordestinos não deveriam pedir dinheiro a ele. "Não venham pedir nada para mim, porque não sou presidente. O presidente está lá em Curitiba", disse ele, em referência ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato. Bolsonaro, porém, argumentou que não abriria uma guerra política para não prejudicar os eleitores. "Não posso fazer uma guerra com governador do Nordeste atrapalhando a população. O homem mais sofrido do Brasil está na Região Nordeste. Vamos mergulhar para resolver muitos problemas do Nordeste."
A viagem de Bolsonaro foi precedida de encontros com esses governadores. Em uma reunião recente em Brasília, ministros palacianos apelaram por mais apoio à reforma da Previdência. Argumentaram que, apesar das diferenças políticas, não era mais tempo de "palanque".


Os governadores disseram entender a necessidade da reforma, mas cobraram proteção aos pobres do Nordeste. A região registra a maior taxa de desemprego no País: 15,3%, acima da média nacional, de 12,7%. E vem sofrendo com o arrocho no orçamento. Nos três primeiros meses do ano, Bolsonaro enviou R$ 242 milhões aos Estados nordestinos. Sem descontar a inflação no período, foram 3,2% a menos frente a igual período do ano passado, ainda na gestão de Michel Temer. Os números referem-se aos recursos para despesas discricionárias, que o governo pode ou não fazer. Não entram nessa conta as transferências obrigatórias.

Cortes

Em carta aberta após encontro com Bolsonaro em Brasília, os governadores do Nordeste reclamaram dos cortes orçamentários nas universidades e nos institutos federais, que motivaram as marchas de rua da semana passada, e solicitaram a retomada de obras rodoviárias, de segurança hídrica e habitacionais, como forma de combater o desemprego. "A pauta dele não tem nada a ver com a necessidade do Brasil. Dar arma a vereador, tem coisa mais velha que isso?", comentou um governador, reservadamente, ao deixar o encontro.
Em 2018, o petista Fernando Haddad venceu em todos os Estados do Nordeste. Para reverter o quadro negativo, Bolsonaro encomendou aos ministros ações imediatas, além do plano de longo prazo.
Os ministros prepararam a Agenda Nordeste, um conjunto de ações de curto prazo - a maioria delas já existia em governos anteriores, mas será remodelada. Entre elas, estão a instalação de cisternas nas escolas (do Ministério da Cidadania), que também anunciou pagamento de 13º no Bolsa Família; a aquisição de alimentos da agricultura familiar e crédito fundiário (a cargo da pasta da Agricultura); ligação por internet em escolas rurais e o estímulo ao interesse por ciências (Ciência e Tecnologia e Educação); a Rede Cegonha, de atenção básica a mães e bebês (Saúde).
"A região precisa de atenção especial, é a que tem a maior representatividade do País, com maior número de governadores", diz o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. "A ida dele traz um marco para a região, mostra visão estratégia que vai além do governo dele. O plano é pensado para 12 anos, extrapola a gestão e mostra um pensamento de Estado."

Pernambuco precisa investir R$ 15,2 bilhões em saneamento até 2033

Segundo o site Assessoria de Imprensa KPMG Nelson Lourenço: Há déficit de investimentos em todos os estados, revela estudo da KPMG

Um estudo realizado pela KPMG para a ABCON revela quais são as demandas de investimento por estado no saneamento para os próximos 14 anos, a fim de atender às metas de universalização do Plansab – Plano Nacional de Saneamento Básico até 2033.
Pernambuco, por exemplo, precisaria investir R$ 15,24 bilhões no período (R$ 1,08 bilhão por ano) para atingir as metas estabelecidas pelo Plansab. Esse total inclui obras em ampliação de extensão de redes, adutoras, construção de estações de tratamento de água e esgoto, elevatórias, reservatórios, ligações de água, cisternas, poços artesianos, redes coletoras de esgoto, coletores- tronco, ligações de esgoto e tanques sépticos.
A região Sudeste, mais populosa, é a que mais demandará investimentos (R$ 175 bilhões para o período), seguida do Nordeste (R$ 135 bilhões).
Os números gerais do estudo, sem o detalhamento dos estados, já haviam sido divulgados. Segundo a pesquisa da KPMG, o Brasil precisa de um investimento de R$ 497 bilhões para os próximos 14 anos para universalizar o saneamento no país, ou R$ 35,5 bilhões ao ano. Os valores são mais de três vezes o investimento realizado em 2017 (R$ 10,9 bilhões, segundo o SNIS, Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento).
Se forem considerados os custos para compensar a depreciação de ativos, o investimento total no saneamento chega a R$ 700 bilhões, ou cerca de R$ 50 bilhões/ano (cinco vezes a média investida por todo o setor nos últimos anos).

Uma alternativa para expandir o investimento no setor é contar com mais recursos privados. A Medida Provisória 868, que estabelece um novo marco legal para o saneamento e induz ao investimento no setor por meio de licitações e diretrizes federais de regulação, deve entrar em votação durante esta semana. O prazo máximo para a aprovação da MP 868 é o dia 3 de junho.
Outro estudo, realizado pelo Instituto Trata Brasil, mostra que o país deixa de gerar R$ 1,2 trilhão em benefícios econômicos e sociais ao deixar de investir o necessário na infraestrutura de água tratada e esgotamento sanitário.

Informações para Imprensa
Nelson Lourenço
nelson@emfoco.net
(11)3819 3031 / (11) 9-9280-2111
www.emfoco.net

Idoso uruguaio morre no Recife após passar mal dentro de avião durante voo entre Espanha e Uruguai

Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Aeronave da Iberia fez pouso de emergência no Aeroporto do Recife na madrugada desta segunda (20). Passageiro de 72 anos foi levado à UPA da Imbiribeira, na Zona Sul, onde morreu.
O passageiro de um avião da Iberia Linhas Aéreas que voava de Madri, na Espanha, para Montevidéu, no Uruguai, morreu no Recife.
Segundo a Polícia Federal, o uruguaio Carlos Alberto Moreira Nis, de 72 anos, sentiu-se mal e a aeronave fez um pouso de emergência, na madrugada desta segunda (20), no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes-Gilberto Freyre, na Zona Sul.
Por volta das 3h, o Airbus A330 da Iberia pousou no Recife. O homem foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Imbiribeira, também na Zona Sul da cidade, onde recebeu atendimento médico, mas morreu em seguida.
O corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife, para passar por perícia. O exame tanatoscópico é obrigatório para apontar qual o motivo da morte.
Segundo a Polícia Federal, as investigações ficam com a Polícia Civil porque o passageiro morreu na UPA, e não dentro do avião. A PF pode assumir o caso se o motivo da morte for criminoso. Por meio de nota, a Polícia Civil confirmou que instaurou um inquérito para investigar o caso.
O G1 entrou em contato com a Iberia para repercutir o caso e aguarda resposta.

Famílias podem movimentar R$ 4,7 tri no ano; estímulo ao emprego sofre contingenciamento e outras notícias

Segundo o site https://www.linkedin.com: Famílias podem movimentar R$ 4,7 tri em 2019.
O número, referente ao volume do consumo das mesmas, está em estudo do IPC Maps – que afirma ainda que essa quantia irá representar 64,8% da somatória de bens e serviços do ano. As capitais, ainda segundo o levantamento, irão perder espaço no consumo, reduzido de 29,6% em 2018 para 28,9% este ano. O interior, por sua vez, terá aumento: de 54%, em 2018, para 54,4% a movimentação de recursos em 2019. • Veja o que estão dizendo sobre o assunto.
Ações de estímulo ao emprego sofrem cortes. Um levantamento da Associação Contas Abertas aponta que 25,2% dos recursos voltados para a área estão bloqueados. O maior contingenciamento foi na verba destinada ao sistema de integração das ações de emprego, trabalho e renda, que perdeu R$ 44,8 milhões. O projeto de modernização e ampliação da rede de atendimento do programa do seguro-desemprego, do Sistema Nacional de Emprego, perdeu R$ 9,6 milhões. Os recursos para cadastros públicos na área de trabalho e emprego foram reduzidos em de R$ 4,1 milhões. • Veja o que estão dizendo sobre o assunto.
Indústria de games cresce 30% no Brasil. De acordo com o último censo do setor divulgado pelo Ministério da Cultura, o número de jogos eletrônicos produzidos no país foi de 754 para 956 entre 2016 e 2017. Atualmente, o Brasil é o 13º maior mercado consumidor de games, com mais de um smartphone ativo por habitante — o volume supera 306 milhões de aparelhos, segundo estimativa da Fundação Getúlio Vargas. De 2014 a 2018, as empresas desenvolvedoras foram de 142 a 375. • Veja o que estão dizendo sobre o assunto.
Anvisa acena para regulação de maconha medicinal. Renato Porto, diretor da agência, manifestou ao setor seu desejo de deslanchar a regulação para o plantio da cannabis com fins medicinais no Brasil. As startups do mercado de maconha medicinal, no entanto, permanecem céticos, pois lembram das promessas de consulta pública não cumpridas do ex-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa. Atualmente, os pacientes que precisam do tratamento só conseguem ter acesso ao produto por meio de importação, que encarece a medicação. • Veja o que estão dizendo sobre o assunto.
Passageiro pagaria para reduzir emissão de carbono do voo. Segundo estudo realizado pelo Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia, quase 70% dos passageiros no Brasil estariam dispostos a pagar de R$ 5 a R$ 8 a mais nos tíquetes aéreos se o valor for revertido para reduzir ou compensar emissões de carbono da viagem. O Brasil só vai participar da fase mandatória do Corsia, esquema global de redução e compensação de emissões da aviação da ONU. Assim, todas as companhias estrangeiras ficam desobrigadas a compensar emissões quando viajam ao Brasil de 2021 a 2026. • Veja o que estão dizendo sobre o assunto.
Ideia do dia: se antes a escolha era pautada exclusivamente em uma análise técnica dos candidatos, hoje o RH faz um estudo também dos valores morais e éticos dos postulantes à vaga. Luiza Helena Trajano, presidente do conselho da Magazine Luiza, afirma que o que mais pesa na hora de demitir um candidato é o seu comportamento – por isso a transformação no processo seletivo.
"Hoje estão todos procurando adequar as seleções para conhecer o caráter e a ética dos candidatos, evitando perda de todo um processo em que, certamente, bons candidatos estavam disponíveis"
Qual a sua opinião? Participe da conversa nos comentários abaixo.

FOTO | Criança em carrinho de supermercado: famílias podem movimentar R$ 4,7 tri em 2019 (REUTERS/Nacho Doce)

Bolsonaro viajará para Pernambuco na sexta-feira

Segundo o site https://jconline.ne10.uol.com.br:  O presidente entregará casas populares e anunciará mais verbas para obras de infraestrutur...