Blog Visão Surubim

Blog Visão Surubim
Contato 81-99509-4564

Pernambuco tem em média 3,5 acidentes veiculares com postes por dia em 2024

Nenhum comentário

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias/pernambuco: Neoenergia alerta para os números, considerados alarmantes pela distribuidora. Em 2023, foram mil ocorrências

                                              Acidentes causam prejuízos à rede elétrica - Foto: Neoenergia Pernambuco/Divulgação                            Desde o início de 2024, Pernambuco registrou 420 acidentes envolvendo veículos e postes de iluminação pública. O número corresponde à uma média aproximada de 3,5 ocorrêncais por dia. Números considerados alarmantes pela Neoenergia, que divulga os dados em meio ao Maio Amarelo, mês de mobilização para a conscientização da educação no trânsito.                                                                                      Ainda segundo a distribuidora, aproximadamente mil postes foram danificados por colisão de carros, ônius ou caminhões em todo o Estado no ano de 2023. 

"As colisões resultaram em ocorrências de interrupção no fornecimento de energia para milhares de clientes do Estado, que demandaram horas de serviços das equipes da empresa. Isso inclui a substituição de postes, reconstruções de rede de distribuição e restabelecimento da energia. Serviços complexos e que demandam tempo e esforço dos times", alerta a Neoenergia.

A Neoenergia também destacou que, a depender da gravidade do acidente, as equipes da companhia precisam aguardar a realização da perícia policial para só então iniciar o trabalho de manutenção. 

"A principal orientação de segurança em casos de abalroamento é que, se cabos forem partidos e vierem ao solo, é importante que as pessoas permaneçam no interior do veículo, sem tocar nas partes metálicas, até o atendimento por parte das equipes da Neoenergia. As pessoas não devem se aproximar do local da colisão. Com o impacto da batida, os cabos de energia podem se romper e cair no veículo ou no chão", acrescenta a distribuidora.                                                                                                    Em caso de acidentes com postes da rede elétrica, é preciso chamar imediatamente o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193, e também a Neoenergia, no 116.

"Além do risco à segurança, os responsáveis pelos acidentes devem arcar com os danos causados ao patrimônio da concessionária. Os valores ficam em torno de R$ 3 mil e contemplam o poste, estruturas, fios e equipamentos dos pontos danificados", finaliza a Neoenergia.

E para evitar colisões contra postes, a Neoenergia destaca importantes dicas no trânsito:

- Mantenha o veículo com a manutenção em boas condições, verificando o estado dos pneus, dos freios, dos faróis e dos retrovisores;                          - Não use celular quando estiver dirigindo. Além da infração gravíssima, o motorista poderá colocar em risco a vida dos pedestres e outros motoristas;

- Respeite sempre a sinalização de trânsito e os limites de velocidade das vias, em qualquer dia, local e horário;

- Respeite os pedestres e sempre use cinto de segurança e capacete, para motociclistas;

- Sempre mantenha distância segura do veículo à frente;

- Não dirija sob o efeito do álcool, remédios ou qualquer outra substância tóxica;

- Nunca dirija com sono.

               

Operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro mira suspeitos no Sertão de Pernambuco

Nenhum comentário

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Segundo a Polícia Civil, mais de 30 ordens judiciais são cumpridas em sete cidades da região

Operação cumpre mais de 30 mandados - Foto: Polícia Civil de Pernambuco/Divulgação                                                Uma operação desencadeada pela Polícia Civil de Pernambuco, nesta quinta-feira (23), mira alvos suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro no Sertão do Estado. 

Na região, são cumpridos 33 mandados expedidos pela Comarca de Serra Talhada, sendo oito de prisão e 25 de busca e apreensão.

As ordens judiciais são para endereços em sete cidades do Sertão: Arcoverde, IbimirimFloresta, Petrolândia, Belém de São Francisco, Serra Talhada e Salgueiro.

Além de Pernambuco, também são cumpridos mandados na Bahia, no Pará, em Roraima e no Amazonas. A Polícia Militar de Pernambuco prestou apoio à operação.

As investigações em torno do grupo criminoso começaram em fevereiro de 2021. A Polícia Civil nomeou a operação de "Escoamento".                          Outros detalhes da ação serão divulgados posteriormente pela Polícia Civil de Pernambuco.

  

Terceira fase de confirmações do programa Mães de Pernambuco começa nesta quinta-feira (23)

Nenhum comentário

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Mulheres que confirmarem dados no site oficial entre os dias 23 de maio e 19 de junho vão receber o benefício no quinto dia útil de julho

O programa, custeado pelo Governo do Estado, paga um auxílio mensal de R$ 300 - FOTO: Vinícius Lins / SAS.                 A terceira fase do Programa Mães de Pernambuco começa nesta quinta-feira (23/05) e vai até o dia 19 de junho, com o objetivo de completar o grupo das 100 mil mulheres mais vulneráveis vivendo em Pernambuco, que são responsáveis familiares e cuidam de crianças de até 6 anos – o principal alvo da iniciativa. O programa, custeado pelo Governo do Estado, paga um auxílio mensal de R$ 300 a essas famílias. Quem aderir nesse período vai receber até o quinto dia útil de julho.             Cerca de 16 mil mulheres precisam acessar o site www.maesdepernambuco.pe.gov.br para aderir ao programa. Elas devem informar o Número de Identificação Social (NIS) e a data de nascimento; uma mensagem do sistema informa se a pessoa está elegível e, em caso afirmativo, basta confirmar o interesse em participar do programa. Caso não esteja elegível, a mulher é informada da sua posição na fila de espera.

O primeiro pagamento do Mães de Pernambuco, realizado em 13 de maio, contemplou um total de 72.472 mulheres, que confirmaram seus dados no site oficial entre os dias 25 de março e 25 de abril. O repasse representou um investimento da ordem de R$ 21,7 milhões, injetado sobretudo nos comércios populares.

O segundo pagamento, previsto para ocorrer no dia 7 de junho, vai beneficiar 84.072 mulheres – 11.600 pessoas a mais, em comparação com a primeira fase. Ao todo, 102,6 mil crianças são alcançadas pelo programa, que terá R$ 25,2 milhões em investimento estadual neste segundo mês.

“O Governo de Pernambuco segue trabalhando em parceria com os municípios para localizar as 100 mil mulheres mais vulneráveis vivendo em nosso estado. São várias estratégias de busca ativa em andamento, como mensagens de texto, cruzamento de dados e visitas domiciliares. O apoio das equipes municipais de Assistência Social tem sido essencial”, detalha o secretário Carlos Braga, da Secretaria de Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas (SAS).                                                                                                Em parceria com o Governo de Pernambuco, a Caixa Econômica Federal está trabalhando no envio dos cartões do programa às casas das contempladas, bem como na operacionalização do pagamento. Se a beneficiária ainda não recebeu o cartão, ela pode sacar o valor nas agências da Caixa, apresentando um documento com foto, ou movimentar o recurso pelo aplicativo Caixa Tem.

Quem tiver alguma dificuldade nesse processo pode entrar em contato com a Ouvidoria Social da SAS, pelo e-mail ouvidoria@sas.pe.gov.br ou pelo telefone 0800.081.4421. É necessário informar o nome completo, CPF e o Número de Identificação Social (NIS).

Como ter acesso ao benefício?

O Mães de Pernambuco paga um auxílio mensal de R$ 300 para reforçar o orçamento das famílias chefiadas por mulheres e que têm filhos na primeira infância. Os recursos para custeio foram garantidos no orçamento de 2024, oriundos do Tesouro Estadual: o Governo do Estado vai investir R$ 360 milhões por ano.                                                                                           Para receber o auxílio, as mulheres precisam cumprir cinco critérios, simultaneamente: ser responsável familiar; morar em Pernambuco; ser beneficiária do Programa Bolsa Família e manter os dados do Cadastro Único (CadÚnico) atualizados; estar gestante, ser mãe ou responsável por criança de 0 a 6 anos (72 meses); e não ter vínculo empregatício formal.

Estruturado a partir da folha de pagamento do Programa Bolsa Família, o Mães de Pernambuco não exige um novo cadastro. No entanto, as mulheres precisam confirmar o interesse em receber o auxílio, acessando o site www.maesdepernambuco.pe.gov.br. Elas vão informar o Número de Identificação Social (NIS) e a data de nascimento e, estando aptas, devem confirmar participação no programa.

     

Pernambuco registra 10 mortes de crianças por Srag em 2024

Nenhum comentário

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Estado decretou, em abril, situação de emergência por causa da superlotação de UTIs neonatais e pediátricas devido ao aumento de casos da síndrome

Leitos abertos no Hospital Memorial de Goiana - Foto: SES-PE/Divulgação                                                                  Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) contabiliza 10 mortes de bebês e crianças de até 9 anos, em 2024, por conta da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).                                            O Estado também registra, segundo nota enviada pela pasta à Folha de Pernambuco, nesta quarta-feira (22), um total de 1.675 casos da síndrome neste ano, no período considerado até o fim da Semana Epidemiológica nº 20, encerrada no último sábado (18).

Pernambuco decretou, em abril, situação de emergência por causa da superlotação de UTIs neonatais e pediátrica. A determinação se deu por conta do aumento de casos da síndrome, causada por vírus, e da falta de leitos. 

O Estado atravessa a chamada sazonalidade da circulação dos vírus respiratórios. Segundo a SES-PE, esse período vai de março a agosto. 

No mesmo período de 2023, Pernambuco havia registrado 48 mortes em decorrência da Srag, além de 2.030 casos.                                                    

Os dados mais recentes da SES-PE ainda indicam ainda que, até a tarde de terça-feira (21), 90 pacientes aguardavam por um leito em todo o Estado, sendo 68 para UTI pediátrica e 22 para UTI neonatal — todos com quadro de síndrome respiratória. 

"A SES-PE ressalta que a Central de Regulação realiza acompanhamento constante do sistema informatizado das demandas por solicitação de leitos, o que permite que a lista de espera oscile mediante a necessidade", informou a gestão estadual.

Na última segunda-feira (20), a Secretaria Estadual de Saúde abriu 10 leitos de UTI pediátrica para atender pacientes infantis, no Hospital Memorial de Goiana (HMG), no município de Goiana, na Mata Norte pernambucana. 

Essas novas vagas se somam a outras 10 abertas no começo do mês de maio, no Hospital Ermírio Coutinho (HEC), em Nazaré da Mata, também na Mata Norte. Ao todo, o Estado abriu 168 leitos este ano — as vagas incluem UTI, UTI neonatal e enfermarias.                                                  No ano passado, para acolher a demanda deste mesmo período, a SES-PE abriu 135 leitos com o mesmo perfil. "Todos continuam dando suporte à saúde dos pernambucanos", garantiu a pasta.

Plano de contingência
A SES-PE destaca também que lançou, em fevereiro deste ano, o Plano de Contingência das Doenças Respiratórias Sazonais na Infância, documento que serve de diretriz para os serviços da rede.

Outras medidas tomadas pelo Governo do Estado foram:

- A efetivação, desde 15 de abril, do serviço de Teleinterconsulta Pediátrica, serviço com pediatras 24h por dia, que atendem profissionais na linha de frente da assistência, orientando e encaminhando cuidados propícios no período da sazonalidade;                                                          - a convocação de todos os médicos das seleções simplificadas – Portaria Conjunta SAD/SES Nº 16 de 2 de fevereiro e Portaria Conjunta SAD/SES nº 16 de 28 de março;

- preparação das Unidades de Pronto Atendimento para este período de sazonalidade;

- e a publicação, em 26 de abril, do decreto de emergência em saúde pública, em decorrência do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. "O decreto estadual é válido por 90 dias e autoriza, de forma célere, a adoção de todas as medidas administrativas necessárias ao atendimento da situação emergencial", explicou a SES-PE.        

Mãe é presa por homicídio consumado por matar bebê e esconder corpo no freezer; saiba como tudo aconteceu

Nenhum comentário

Segundo o site https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia: A mulher guardou o corpo da filha no freezer por 30 dias e confessou o crime aos parentes

Pressionada, Simare Rayane confessou o crime aos parentes e foi levada para o 6 º batalhão da PM e depois para o DHPP (Foto: Reprodução/Whatsapp)                                                          Uma mulher identificada como Simary Rayane da Silva, de 27, anos foi presa em flagrante, nesta terça-feira (22), pela Polícia Civil após matar a própria filha, um bebê de dez meses, e esconder o corpo dentro de um freezer durante 30 dias. O caso aconteceu no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, na segunda-feira (21).


De acordo com a  Polícia Civil, o caso foi registrado como  homicídio consumado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) - Força Tarefa de Homicídios da Região Metropolitana Sul.
“A autora foi conduzida até a delegacia para realização dos procedimentos cabíveis, ficando à disposição da justiça após a audiência de custódia. As investigações seguirão até a elucidação dos fatos”, informou a polícia por meio de nota.

De acordo com a Polícia Militar, a avó do bebê compareceu ao Batalhão nesta quarta-feira (22) e revelou que a mulher teria confessado o crime. Além disso, parentes suspeitam que a mãe do bebê descongelava o corpo por arrependimento e chorava diariamente.

Também foi dito à PM que a autora do crime teria usado chumbinho para matar o bebê, mas ainda será feita uma perícia para confirmar.                                                                                                                                      Entenda o caso


O crime brutal aconteceu na Comunidade Dom Helder, em Candeias, em Jaboatão. A mãe suspeita de matar a criança com chumbinho trabalhava como frentista e morava com a bebê, chamada Sofia, de 10 meses, e com um menino de 7 anos, que não teve o nome divulgado.

Segundo relatos de parentes, Simare Rayane já tinha pedido apoio familiar há algum tempo e, posteriormente, foi descoberto que ela já planejava comprar chumbinho, um veneno para matar rato que tem venda proibida, para tomar e dar  aos próprios filhos.                                 Ainda segundo relatos, Simare comprou o veneno e deu para a filha mais nova e, ao constatar a morte da bebê, se arrependeu. Com este sentimento, ela guardou o cadáver na geladeira da casa. O caso só foi descoberto por insistência  de moradores da comunidade.


Mentiras

Ainda conforme as informações repassadas para a polícia, Simare foi questionada várias vezes sobre o paradeiro da bebê, já que não circulava mais com ela pelo bairro. A mulher alegava que Sofia estava sob os cuidados da bisavó e chegou a criar um perfil falso no Whatsapp para se passar pela parente. Assim, ela conseguia enganar os moradores alegando que a bebê estava bem de saúde.                                                                                  No Dia das Mães, Simare foi a um restaurante e festejou a data sem a bebê, deixando os parentes preocupados. Eles foram até a casa da bisavó da criança, que disse que não via a criança há mais de 30 dias.

 

Na terça-feira (21), os parentes entraram na casa de Simare e se depararam com o corpo da bebê na geladeira. Pressionada, Simare Rayane confessou o crime aos parentes e foi levada para o 6 º batalhão da PM e depois para o DHPP.   

Vídeo mostra violência do tornado que devastou cidade em Iowa, nos EUA

Nenhum comentário

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Imagens revelam dezenas de casas completamente destruídas, carros revirados e abandonados pela cidade, além de quebrar completamente enormes turbinas eólicas

Turbinas eólicas enormes foram destruídas - Foto: Youtube/Reprodução                                                                       Imagens impressionantes compartilhadas nas redes sociais mostram a violência extrema do tornado que atingiu o estado de Iowa, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (21). As autoridades confirmaram que várias pessoas morreram e outras ficaram feridas, sem precisar um número até a última atualização.

O tornado atingiu a cidade de Greenfield, que tem cerca de dois mil moradores e fica a quase 100 km da capital do estado. No vídeo, é possível ver dezenas de casas completamente destruídas, carros revirados e abandonados pela cidade, além de quebrar completamente enormes turbinas eólicas.

O hospital da cidade também foi atingido, e as vítimas precisaram ser levadas para municípios da região. O Sistema de Saúde do condado de Adair afirmou que foi necessário montar um centro de triagem na escola secundária de Greenfield, e que as pessoas que precisem de cuidados médicos devem deslocar-se até lá.

O governador de Iowa, Kim Reynolds, declarou emergência para 15 condados da região, garantindo que recursos sejam utilizados na resposta ao desastre. O Serviço Meteorológico Nacional dos Estados Unidos emitiu alertas para tornados, além de avisos de tempestades severas para grande parte de Iowa e outros estados norte-americanos.

SDS divulga redução dos crimes violentos contra o patrimônio em Pernambuco no mês de abril

Nenhum comentário

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: A queda geral no comparativo entre abril de 2024 com 2023 foi de 14%; roubos e furtos de carga, veículo, bancos e coletivos estão englobados nesses números

A Secretaria de Defesa Social (SDS) apresenta os números que mostram a redução nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) em Pernambuco, referentes ao mês de abril. - Foto: Ricardo Fernandes/ Folha de Pernambuco                A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) divulgou que houve redução nos crimes violentos contra o patrimônio (CVP) no Estado. Os dados são referentes ao último mês de abril e foram apresentados durante a reunião da Força-Tarefa Crimes Patrimoniais, nesta terça-feira (21), entre as forças operativas de segurança, no prédio do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), localizado no bairro de São José, área central do Recife.                                            Os crimes violentos contra o patrimônio englobam roubos e furtos de carga, veículo, bancos e coletivos. De acordo com a SDS, abril de 2024 teve uma queda geral de 14% em relação ao mesmo mês em 2023. Isso significa que tiveram 664 casos a menos em Pernambuco. 

Em relação ao roubo e furtos de cargas, especificamente, a redução foi de 29% comparando os quatro primeiros meses deste ano com 2023 - saiu de 190 casos para 135 em Pernambuco. Os roubos de veículos tiveram uma queda de 7.907 para 6.958 (-12%) analisando esse mesmo período. 

"A Força-Tarefa contra crimes patrimoniais se reúne uma vez por mês para discutir as ocorrências envolvendo esses crimes. Analisamos a ocorrência do último mês com o comparativo não só do mês, como do ano anterior. Onde identificamos necessidade de melhoria, trazemos as unidades para conversar e sai com algum planejamento ou encaminhamento", explicou a secretária executiva da SDS, Dominique de Castro Oliveira.

No dia 1° de maio, o estudante da UFRPE, Gean Carlos Lopes Júnior, foi assassinado a facadas após reagir a um assalto a ônibus na avenida Guararapes. A secretária executiva comentou que a situação dos coletivos é prioridade das reuniões.                                                                                                            Essa questão do roubo a coletivo é muito cara para a SDS. O coletivo é o único desses assuntos que a gente monitora semanalmente junto ao Consórcio Grande Recife. A gente recebe todas as ocorrências, identifica em que locais georreferenciam essas ocorrências e direciona tanto o policiamento ostensivo quanto as nossas investigações. Todas as ocorrências estão sendo investigadas em nível avançado pela Polícia Civil com a resposta de identificação e pedido de prisão desses autores", disse Dominique. 

A Força-Tarefa Crimes Patrimoniais conta com o trabalho conjunto das operativas de Secretaria de Defesa Social com as polícias Militar e Civil. Presente na reunião, o coronel da PMPE, Canel, destacou a atividade da Corporação neste grupo. 

"Depois dessa reunião, realizamos um plano de ação que é monitorado e orientado pela Secretaria de Defesa Social. A partir disso, começamos a executar naqueles pontos que identificamos o aumento dos crimes contra o patrimônio".          


© Todos os direitos reservados