segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Trabalhadores do setor de eventos se preparam para a retomada dos serviços em Pernambuco

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Eventos sociais, casamentos, batizados e festas familiares estão liberados a partir de segunda-feira (28), obedecendo o limite de até 100 pessoas ou a ocupação de 30% do espaço.

z
Com a liberação de festas, casamentos e shows, a partir de segunda-feira (28), quem trabalha no                 setor de eventos já começou a perceber o aumento da procura pelos serviços e mudanças nas exigências                dos contratantes. As buscas, segundo eles, agora são principalmente por espaços abertos e com menores chances de disseminação do novo coronavírus (veja vídeo acima).

Eventos sociais e festas familiares estão liberados, desde que                    obedeçam ao limite de até 100 pessoas ou a ocupação de 30% do                    local. Os eventos para essa finalidade.

Também é exigido o uso de máscara e de álcool 70% pelos presentes.               A decisão vale para o Recife e Região Metropolitana, Zona da Mata            Norte e Zona da Mata Sul e Caruaru, no Agreste. 

Dono de um espaço com 1.800 metros quadrados na Zona Norte                      do Recife, Armando Garrido percebeu, após o anúncio da liberação,                  na última quarta-feira (23), o aumento imediato na procura pelo                 espaço.

"A demanda está enorme, já vamos realizar um casamento. A                            capacidade é para 200 pessoas, mas estamos fechando em até 60 e             com álcool em todas as mesas, a exigência do uso da máscara e distanciamento de mesas e cadeiras”, disse.                                                            Nos últimos seis meses, as cerimonialistas Thayná Alves e Joana              Barradas tiveram que adiar 42 casamentos por conta da pandemia.              Nesse período, realizaram apenas dois eventos adaptados, um deles                no estilo drive-in.

Em três dias de anúncio da liberação, elas já receberam pedidos de               pelo menos 15 orçamentos de eventos ainda para este ano. “A                 procura vem sendo grande. A gente está bem feliz”, afirmou Joana. 

O próximo evento realizado por elas será o casamento de Juliane               Fonseca e Rodrigo Portela. A festa, que era para 200 pessoas e                estava marcada para o dia 21 de  março, precisou ser adiada e              adaptada por conta da pandemia.

“Nosso casamento vai ser um pouco diferente do que a gente tinha                  planejado, vai ser mais intimista, somente para alguns amigos e                  familiares, mas estamos bastante ansiosos por esse momento”,                  contou Juliane.

Dona de uma agência e representante de uma comissão do                     mercado de eventos, a empresária Fabiana Schreider afirmou que,           nesses seis meses, o impacto para quem trabalha no setor foi                  grande.

"Tenho colegas que fecharam as portas e até quem passou                         necessidade. É um setor que emprega em funções diversas como           atendimento ao público, montagem, segurança. O mercado já                   estava  sentindo um pouco antes da pandemia, mas ela fechou                      com chave de ouro, mas acredito muito no poder do                     empreendedorismo”, disse.                                                                                        Pernambuco registrou, neste sábado (26), 672 novos casos de                       Covid-19, e 27 óbitos provocados pela doença. As informações                      fazem parte do boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Com                       isso, o estado totaliza 144.940 casos confirmados e 8.156 mortes,                       desde o início da pandemia do novo coronavírus, em março                             


Nenhum comentário:

Postar um comentário