Condenada a 30 anos de prisão por matar o homem que vioIou a sua filha de 3 anos.

Segundo o site http://www.bligz.com.pt: Publicação 2017, Fazer justiça com as próprias mãos por vezes pode ser uma vontade muito profunda nestes tipos de casos, mas nem sempre compensa.Naomi, de 30 anos, foi condenada a 30 anos de prisão pelo crime de asssassinato em primeiro grau, com coragem, e raiva de saber que o homem tinha abusado da sua filha de 3 anos, Naomi enfrentou e matou-o com vários golpes, não conseguindo conter-se, depois de ter encontrado fotografias da sua filha de 3 anos sendo abusadaa.
O sujeito chamado Ernesto Ramírez acabou por morrer depois de ter sido apunhalado por Naomi.Ao ser condenada preguntaram-lhe sobre o assunto e ela afirmou que lhe preguntou varias vezes como ele tinha sido capaz de abusar de sua própria filha, que tinha merecido a morte, que não merecia sequer existir.
Ajuda-nos a partilhar para ajudar a a espalhar a noticia! Acha que ela deve pagar por algo que ele fez para defender a filha? Deverá ela ficar 30 anos por ter feito justiça pelas próprias mãos? E a menina com quem ficará, será que ainda vai ter de sofrer mais para alem do que já sofreu?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito

Jovem morre em acidente de transito na PE 90 na cidade de Surubim