SP: Rodovia dos Bandeirantes será interditada para motociata de Bolsonaro

 Segundo o site https://www.sbtnews.com.br/noticia: Presidente participará do evento Acelera com Cristo na companhia de autoridades; bloqueio começa às 8h

A Rodovia dos Bandeirantes, uma das principais ligações de São Paulo com o interior do Estado, terá a pista interditada na manhã desta 6ª feira (15.abr), para passagem de uma motociata com o presidente Jair Bolsonaro (PL). O bloqueio da via, que começará a partir do km 13, junto à Marginal Tietê, até o km 134, no entroncamento com a Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), será realizado das 8h às 15h.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Segundo informado, o presidente da República participa do evento "Acelera com Cristo" na companhia de outras autoridades, como o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), pré-candidato ao governo de São Paulo. No ano passado, o encontro reuniu 1,3 milhão de motos em apoio a Bolsonaro. Para hoje, a expectativa é que 2 milhões de motociclistas participem do percurso.

Durante a motociata, o tráfego do Sistema Anhanguera-Bandeirantes no sentido interior será permitido apenas pela Via Anhanguera (SP-330). A CCR AutoBan, concessionária que administra a rodovia, disse que painéis de mensagens instalados no sistema orientarão os motoristas a usarem a rodovia nos deslocamentos para o interior. A pista sentido São Paulo da Bandeirantes não tem previsão de interdição, mas todos os acessos à via entre São Paulo e Santa Bárbara d'Oeste serão fechados pela Polícia Rodoviária.

No geral, haverá bloqueios nos seguintes acessos à Bandeirantes:

  • Rodoanel Mário Covas (SP 21), no km 24;
  • Via Anhanguera (SP-330), no km 48;
  • Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (SP-300), no km 62;
  • Rodovia Magalhães Teixeira (SP-083) ? anel viário de Campinas, no km 84;
  • Rodovia Santos Dumont (SP-75), no km 87;
  • Rodovia Adalberto Panzan (SPI 103/330), no km 95;
  • Rodovia Jornalista Francisco Aguirra Proença (SP-101), no km 103;
  • Estrada municipal SMR-40, no km 114.

Os acessos aos postos de serviços localizados no trecho também serão bloqueados. Viaturas da Polícia Rodoviária farão a varredura no trecho interditado para garantir que nenhum veículo fique retido, à espera do término do passeio de motos. De acordo com a CCR AutoBan, o número de veículos para garantir a segurança do tráfego terá alta de 40% durante o período da motociata, enquanto o número de colaboradores aumentará em 70%.

Leia também

+ Depois de policiais, servidores do judiciário reclamam de reajuste

+ Pastores suspeitos de corrupção visitaram o Planalto 45 vezes, diz GSI

+ Bolsonaro envia projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias ao Congresso

Postar um comentário

0 Comentários