Caso Sperança: julgamento do assassinato do professor de odontologia segue nesta quarta-feira

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Mulher do professor é apontada como mandante do crime

Após 12 anos do crime, julgamento da psicóloga Ana Terezinha Zanforlin Sperança e da advogada Adriana Lima Castro, acusadas de mandar matar o dentista e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Paulo Augusto Sperança terá continuidade, nesta quarta-feira, 5, a partir das 8h, no Fórum Thomaz de Aquino, no Centro do Recife. Na ocasião, será interrogada as acusadas e haverá o debate com os promotores de justiça e advogados, que deve durar cerca de nove horas, como adianta o juiz responsável pelo caso, Abner Apolinário.

Ontem, o julgamento durou seis horas e o juiz colheu depoimento da delegada Sylvana Lellis e de outras testemunhas. O crime ocorreu em agosto de 2010 e o júri ocorre quase 12 anos depois. Paulo Augusto era casado com Ana Terezinha, acusada de ser a mandante do crime. Dois homens que mataram o professor e confessaram o crime foram condenados a 18 anos de prisão em 2012.

Postar um comentário

0 Comentários