Mulher sofre queimaduras de segundo grau ao tentar esfriar panela no tanque - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

 Segundo o site https://www.campograndenews.com.br: Torneira estava gotejando e água entrou em contato com o óleo quente que causou uma pequena explosão

Marilza Lageano Martinez, 49 anos, precisou ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros no final da manhã desta quarta-feira (23), após sofrer queimaduras de segundo grau quando tentava esfriar uma panela no tanque da casa onde mora no Bairro Guanandi, em Campo Grande.                                                            Segundo relato da mãe da vítima, Ilza Lageano, 77 anos, a mulher estava fazendo almoço, quando levou a panela até o tanque, que fica na área externa, para esfriar.


“Ela não ia colocar água na panela, mas a torneira estava pingando e caiu no óleo, aí explodiu e eu só ouvi ela gritando”, disse a Ilza.

A mulher acionou o Corpo de Bombeiros, que foi até o local e prestou socorro para Marilza, que sofreu queimaduras de segundo e primeiro graus no lado direito do rosto e no braço direito, onde chegou a ficar sem a pele.

Os militares fizeram os primeiros atendimentos e encaminharam Marilza para a Santa Casa. De acordo com a equipe, a recomendação é jamais colocar gordura quente em contato com qualquer outro líquido, porque a chance de uma queimadura é grande.

No entanto, quando acontecer um acidente desse tipo, o local do ferimento deve apenas ser lavado com água corrente e o Corpo de Bombeiros deve ser acionado. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS         

Postar um comentário

0 Comentários