Passageiros mostram preocupação com 'invasão' de lagartas no Terminal da Macaxeira

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Em visita da Folha de Pernambuco ao local, foi possível notar a infestação do inseto

A presença de lagartas tem preocupado os passageiros e funcionários que circulam todos os dias pelo Terminal Integrado da Macaxeira, na Zona Norte do Recife. Uma infestação do inseto tem tomado conta do local nos últimos dias. Em visita da Folha de Pernambuco ao T.I, nesta terça-feira (2), foi possível encontrar vários espalhados nas paradas dos ônibus, nos bancos e também nas paredes. Recentemente, moradores de Camaragibe também relataram terem sido incomodados com a presença do inseto.        A parada do T.I - Tancredo Neves é a mais afetada do Terminal da Macaxeira. Ao reparar a presença das lagartas, a dona de casa Mônica Dimas mostrou-se preocupada com a infestação. “Estava sabendo que aqui (na Macaxeira) estava tendo essa infestação. Mas estou vendo pela primeira vez hoje (terça). Isso preocupa, não sabemos se pode prejudicar a saúde, pois aqui circula muita gente”, contou a recifense de 40 anos. 

No entanto, apesar do receio de quem passa pelo terminal todos os dias, o biólogo André Maia fez questão de tranquilizar a população. Segundo o especialista, essa espécie de lagarta não traz malefícios caso entre em contato com a pele humana. 

“Essas são as lagartas conhecidas popularmente como cabeça de fósforo. A população pode ficar tranquila que essas não são como aquelas de fogo, que queimam. O máximo que pode acontecer é algum transtorno para algumas plantações. Vale também o cuidado com crianças, pois se trata de uma quantidade grande de lagartas espalhadas. Então, é bom evitar que a criança coloque na boca ou que alguma caia dentro do ouvido”, explicou.

Ainda segundo André Maia, este tipo de lagarta é fácil de encontrar em florestas. Porém, com o avanço da construção civil em locais de mata, como acontece no entorno do Terminal da Macaxeira, as borboletas acabam depositando seus ovos próximo à zona rural.

Em nota, o Grande Recife Consórcio de Transporte, responsável pelos terminais integrados da Região Metropolitana do Recife, afirmou estar tomando providências para “acabar com a proliferação de lagartas” na Macaxeira. 

“O Grande Recife informa que, por meio do Consórcio Nova Mobi, vem realizando a capinação dos terminais integrados da Região Metropolitana. Inclusive, do TI Macaxeira. Com o serviço, pode ocorrer este tipo de situação com as lagartas. Estamos acionando a empresa para que possa reforçar a dedetização do terminal e acabar com a proliferação de lagartas e outros bichos no TI.”      

Postar um comentário

0 Comentários