Header Ads Widget

header ads

PF prende três suspeitos de dinheiro falso na RMR e Zona da Mata

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Os casos aconteceram nessa terça-feira (11)

Policiais militares conduziram um homem e uma mulher acusados de cometer crime de moeda falsa na cidade de Araçoiaba, na Região Metropolitana do Recife (RMR), até a Polícia Federal.                                  De acordo com a PM, os acusados foram identificados em um veículo, após os policiais receberem denúncias de comerciantes locais de que um casal estaria introduzindo cédulas falsas no comércio da região.  

Os acusados estavam portando três cédulas falsas, que totalizavam um valor de R$ 200. O rapaz, segundo informou a PF em nota à imprensa, ainda tentou subornar os policiais para evitar a prisão. 

A mulher foi indiciada pelo crime de moeda falsa, e o homem, além de responder pelo mesmo crime, também foi autuado por corrupção pela Polícia Federal.                                                                                                Anteriormente, em julho do ano passado, o acusado já havia sido preso por uso de moeda falsa em Condado, na Zona da Mata Norte do Estado. 

Mesmo crime em Vitória de Santo Antão
No mesmo dia, por volta das 14h, outra denúncia de dinheiro falsificado foi recebida pela Polícia Federal em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do Estado. Os policiais foram até uma agência dos Correios da região averiguar uma encomenda com cédulas falsas que foi detectada em procedimento de rastreamento. 

Após a identificação, o destinatário da encomenda foi encontrado e abordado pela equipe. No envelope, havia 10 notas falsas de R$ 100. O acusado, um jovem de 19 anos, confessou o crime e disse que pagou a quantia de R$ 350 pelas cédulas e que conheceu o vendedor em uma rede social. 

A ocorrência foi levada para a Polícia Federal, onde foram realizados os procedimentos de flagrante delito. O conduzido também foi autuado pelo crime de moeda falsa.

De acordo com a PF, a prática, prevista na legível penal como crime, prevê pena que pode variar de três a 12 anos, e é preciso estar atento na recepção dessas cédulas, uma vez que há semelhanças com o dinheiro verdadeiro.    

Postar um comentário

0 Comentários