Câmara Municipal de Surubim

Câmara Municipal de Surubim
Câmara Municipal de Surubim

Cantora de 18 anos morre após kombi colidir com carro na PE-22, em Paulista

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Jamyle Magalhães realizava os primeiros sonhos na carreira musical. Ela voltava de uma festa com amigos quando motorista perdeu a direção e capotou.

Vivendo um momento especial, em que dava os primeiros passos no sonho de ascender com a carreira na música, a cantora Jamyle Magalhães, de 18 anos, morreu na noite de sábado (15), após a kombi em que estava colidir com outro carro na PE-22, em Paulista, no Grande Recife. De acordo com a Polícia Civil, os outros passageiros do veículo ficaram feridos e foram atendidos no local.                                        O caso foi registrado pela Delegacia Seccional da cidade como "acidente de trânsito com vítima fatal e omissão de socorro" e será investigado em um inquérito policial.

Cunhado de Jamyle, José Aluísio Júnior disse à Folha de Pernambuco que a jovem voltava de uma festa com amigos entre 22h30 e 23h, quando o motorista da kombi, ao fazer um retorno nas proximidades de uma subestação da Neoenergia, em Maranguape 2, perdeu o controle da direção e bateu no veículo à frente, capotando logo em seguida. A cantora chegou a ser levada para o Hospital Miguel Arraes, mas não resistiu aos ferimentos.

Por meio de nota, a Polícia Civil confirmou o registro da ocorrência e informou que o condutor saiu do local sem prestar socorro às vítimas. "Um inquérito policial foi instaurado e outras informações poderão ser fornecidas após a completa elucidação", afirmou.

Carreira em ascensão

Jamyle morava com a família no bairro de Engenho Maranguape, também em Paulista, e, nos últimos meses, viu a carreira musical começar a crescer, incluindo o lançamento da banda A Dupla, que formou com a cantora Duda Morais, e a gravação de um DVD no final do ano passado. "Era uma pessoa muito alegre, muito divertida, que fazia a gente sorrir, que encantava a gente com a sua voz. Ela mesma era quem compunha as próprias músicas", recorda o cunhado.                                                          O empresário da cantora, Pepeu Nascimento, conta que o projeto da banda A Dupla começou a ser realizado há seis meses, culminando na gravação do show em dezembro. "Ela era uma menina muito sonhadora, que tinha o sonho de mudar a vida da família. E, nesta semana, ela agradeceu por realizar esse sonho, que era lançar a banda", lembra.       

Postar um comentário

0 Comentários