Header Ads Widget

header ads

Fortes chuvas, ventos e trovões provocam alagamentos e queda de árvores em Petrolina

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: De acordo com a Agência Pernambucana de Água e Climas (APAC), nas últimas 24 horas choveu 49,20 milímetros na cidade

Chuva, ventos fortes e trovões causaram alagamentos, quedas de árvores e falta de energia na noite dessa quinta-feira (4) em Petrolina, no Agreste de Pernambuco.                                                                                              De acordo com a Agência Pernambucana de Água e Climas (APAC), nas últimas 24 horas choveu 49,20 milímetros na cidade. A Defesa Civil do município havia emitido um alerta na terça-feira (3) informando que Petrolina poderia registrar o volume de 50 milímetros de chuvas até domingo (7).

Nessa quinta, parte do telhado de um posto de combustível foi destruído na Avenida Honorato Viana e foi registrada a queda de ao menos duas árvores e um poste. Não há relato de desabrigados.                                    

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), publicou um vídeo nas redes sociais informando que equipes da prefeitura estão nas ruas nesta manhã fazendo intervenções nos pontos mais afetados.

“Os ventos foram muito fortes. Muitas árvores caíram, alguns telhados também. A gente pede a compreensão e atenção redobrada [da população]", afirmou.      

Postar um comentário

0 Comentários