Header Ads Widget

header ads

Veja dicas para evitar recebimento de notas falsas

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Prática, prevista na legível penal como crime, prevê pena que pode variar de três a 12 anos

Pelo menos R$ 3,5 mil em notas falsas foram apreendidas pela Polícia Federal (PF) do Recife, em uma abordagem de rotina feita pelo Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) a um carro de aplicativo no último dia 19 na Av. Guararapes, área central da cidade. As cédulas, de R$ 50 e de R$ 100, já estavam em circulação e sendo utilizadas em comércios variados.   Diante dessa ocorrência, a Polícia Federal enumera algumas dicas para evitar o recebimento de notas falsas.

A prática, prevista na legível penal como crime, prevê pena que pode variar de três a 12 anos, e é preciso estar atento na recepção dessas cédulas, uma vez que há semelhanças com o dinheiro verdadeiro.

No entanto, de acordo com Giovani Santoro, chefe de Comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, alguns detalhes podem identificar a falsificação.

“O papel utilizado pela Casa da Moeda do Brasil é único, e falsificadores não conseguem imitá-lo. Portanto, a primeira coisa que deve ser observada é a textura da cédula, a verdadeira é mais áspera, por exemplo. Outra coisa é quando se recebe várias notas, geralmente se são falsas vêm com a mesma numeração”, destaca Santoro que alerta, também, para a impressão das cédulas, já que as verdadeiras têm uma coloração mais viva.

Ainda de acordo com o chefe da corporação, caso haja desconfiança do recebimento de notas falsas de dinheiro, de imediato a PF deve ser procurada para o rastreio das cédulas e também para que sejam iniciadas as investigações.

Confira as dicas

1. Conheça bem a nota verdadeira
Geralmente pessoas que lidam diariamente com dinheiro, como os caixas de banco e comerciantes, sabem facilmente identificar uma nota falsa - essa experiência em manusear diariamente o dinheiro verdadeiro faz com que eles se tornem especialistas em identificar notas falsas.

2. Comerciante: não tenha pressa no atendimento
Geralmente essas notas são passadas em locais de grande concentração de pessoas, feiras, lojas, supermercados, comércio ambulante, e muitas vezes a pressa do comerciante para atender um maior número de clientes faz com que ele não tome o devido cuidado em verificar a nota que está recebendo. 

3. Verifique se as numerações das notas são iguais
Ao receber duas notas de igual valor verifique se as numerações não são iguais, os falsários não costumam fazer notas falsas com numeração diferente porque isso acarreta em custos com impressão por ter que mudar a matriz da impressão.

4. Observe a textura da nota
Outra cautela que pode ser tomada é reparar na textura do papel das notas que estão sendo recebidas, as notas falsas tendem a ser lisas, enquanto as notas verdadeiras são ásperas e possuem um alto relevo e saliência nos itens de segurança que pode ser percebido pelo tato. Sinta com os dedos o papel e a impressão.

5. Observe a imrpressão da nota
Nas cédulas legítimas, as tonalidades de cores são firmes – as notas falsas têm cores com pouca nitidez e costuma haver borramento das cores.

6. Verifique a marca d'água colocando a nota contra a luz

7. No caso de dúvida, compare a nota suspeita com uma nota verdadeira

8. Baixe o aplicativo grátis Dinheiro Brasileiro - no Android ou iOS

O aplicativo que foi desenvolvido pelo Banco Central não analisa a autenticidade da cédula, apenas ajuda a identificar, conhecer e onde se encontram os itens de segurança tais como: fio de segurança, quebra-cabeça, microimpressões, marca d’agua, número escondido e que muda de cor, alto relevo, elementos fluorescentes. 

Postar um comentário

0 Comentários