Header Ads Widget

header ads

O time da virada? Em jogo movimentado, Náutico bate Ponte e engata terceira vitória seguida

 Segundo o site https://www.folhape.com.br: Timbu ganha de virada mais uma vez e diminui distância para o G4


Leia também

• Náutico não terá Rhaldney e Vinícius contra a Ponte Preta

• Hélio evita adiantar substitutos, mas garante confiar em opções do elenco

• Adversária do Náutico, Ponte não perde em casa há oito jogos

Após o maior período sem jogos desde março, o Náutico voltou a campo neste sábado (16), e venceu a Ponte Preta pela 30ª rodada da Série B. Com um roteiro dramático e recheado de emoções, o Timbu engatou sua terceira vitória seguida ao executar mais uma virada e fechar o placar do Moisés Lucarelli em vantagem por 3x2. 

Nos primeiros 15 minutos, a Ponte foi mais perigosa que o Náutico. O Timbu ficava mais com a bola, sem conseguir avançar pelo campo alvinegro, enquanto a Macaca executava bem a marcação e chegava melhor ao ataque.                                                                                          Foi através de finalizações de Rodrigão e Richard, sendo duas de cada, que começaram a série de ataques que quase culminaram em gols. O lateral-esquerdo Rafael Santos ainda buscou abrir o placar, com um cruzamento perigoso que precisou ser espalmado por Anderson, e com uma finalização de fora da área. 

Após sair ileso dos sustos, o Náutico tentou responder. Djavan arriscou de longe e obrigou o goleiro Ivan a fazer boa defesa, enquanto Rafael Ribeiro cabeceou no travessão adversário, após cobrança de escanteio de Jean Carlos. 

E foi quando esboçava uma melhora na partida que o Timbu sofreu o primeiro gol do jogo. Os alvirrubros tinham um escanteio a seu favor, quando Jailson tentou aproveitar o rebote cedido pela Ponte e cometeu infração com a mão na bola. A Macaca cobrou rápido e, na sequência do contra-ataque, Camutanga falhou ao tentar afastar o cruzamento alvinegro e Marcos Júnior aproveitou o rebote, aos 32 minutos.

Seguido do gol sofrido, o Náutico quase empatou com Jailson, que recebeu grande lançamento de Jean Carlos e ficou cara a cara com Ivan, mas desperdiçou a chance, mandando para fora. Se a Ponte aproveitou uma falha do defensor alvirrubro, o mesmo aconteceu do lado do Timbu. Após o adversário furar o corte na grande área, Caio Dantas foi eficiente e igualou o placar, marcando seu terceiro gol nas últimas três partidas.

O que poderia ser o início de uma virada, se tornou em prejuízo. Após Rodrigão perder grande chance dentro da pequena área e acertar a trave alvirrubra, a defesa alvirrubra vacilou novamente e o atacante da Ponte pôs o time em vantagem novamente, já nos acréscimos. No lance, Camutanga deixou o centroavante livre e Anderson saiu mal do gol, deixando a meta desprotegida. 

Com a volta do intervalo, o Náutico conseguiu voltar ao jogo logo cedo. Jean Carlos tentou o lançamento e Caio Dantas desviou, fazendo com que a bola chegasse em Jacob Murillo, que venceu a disputa com o defensor e finalizou com tranquilidade para marcar seu primeiro gol com a camisa alvirrubra, igualando o placar pela segunda vez. 

A virada veio em uma jogada semelhante a do primeiro tempo, consagrando a parceria entre Jean Carlos e Rafael Ribeiro. O meia cobrou escanteio com capricho e achou o zagueiro na grande área, que cabeceou forte e estufou as redes alvinegras. 

Após o gol da virada, a Ponte Preta buscou diversas maneiras de igualar o placar, sempre parando nas boas defesas de Anderson. O arqueiro realizou pelo menos quatro defesas com alto grau de dificuldade neste recorte. As duas primeiras foram em sequência em uma confusão dentro da área alvirrubra, e voltando a impedir o terceiro gol alvinegro ao defender chutes de Moisés e João Veras, que finalizaram à queima-roupa.  Com a vitória, o Náutico permanece na 9ª colocação da Série B, com 44 pontos, mas diminui a distância para o Avaí/SC, que atualmente ocupa o 4° lugar. Faltando oito partidas para o fim da Segundona, o Timbu volta a campo diante do Vasco, no próximo dia 24, dentro dos Aflitos. 

Ficha técnica

Ponte Preta 2
Ivan, Kevin, Fábio Sanches, Rayan e Rafael Santos; André Luiz (Yago), Marcos Júnior (Matheus Anjos) e Léo Naldi (Camilo); Richard (Iago), Moisés e Rodrigão (João Veras). Técnico: Gilson Kleina

Náutico 3

Anderson; Hereda, Camutanga (Yago), Rafael Ribeiro e Júnior Tavares; Djavan (Matheus Trindade), Matheus Jesus (Marciel) e Jean Carlos; Jailson (Giovanny), Murillo (Álvaro) e Caio Dantas. Técnico: Hélio dos Anjos                                                                                                                Local: Moisés Lucarelli (Campinas/SP)

Horário: 16h
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Hugo Savio Xavier Correa (GO)
Transmissão: Premiere FC
Gols: Marcos Júnior (aos 32 do 1°T), Caio Dantas (aos 39 do do 1°T), Rodrigão (aos 46 do 1°T), Jacob Murillo (aos 5 do 2°T), e Rafael Ribeiro (aos 21 do 2°T)
Cartões amarelos: Camutanga, Matheus Jesus e Anderson (NAU)

DAZN

O DAZN, maior serviço de streaming esportivo do mundo, apresenta o melhor das competições esportivas nacionais e internacionais por uma assinatura mensal pelo custo de R$ 19,90. Para quem já é assinante, basta acessar o site ou o app da plataforma. Para quem ainda não tem conta, o serviço disponibiliza 30 dias grátis, bastando clicar neste link para se cadastrar. Você pode acompanhar os eventos pelo computador, no celular, tablet ou até no console do videogame.                   

[Série B '21] 30ª Rodada | Ponte Preta 2 X 3 Náutico/PE | Confira Os Gols! | TV ARTILHEIRO         TV ARTILHEIRO 

Postar um comentário

0 Comentários