Header Ads Widget

header ads

Henri se transforma em furacão em seu trajeto para o nordeste dos EUA

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: A tempestade tropical Henri se transformou em furacão de categoria 1 neste sábado (21)

Leia também

• Mobilização contra passaporte sanitário reúne mais de 175 mil na França

• Vaticano pune ex-arcebispo polonês por negligência sobre abuso sexual

• Chefe da diplomacia europeia pede à UE que reaja após fracasso no Afeganistão

A tempestade tropical Henri se transformou em furacão de categoria 1 neste sábado (21) e deve tocar o solo na costa nordeste dos Estados Unidos no domingo, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC). "É tão grave quanto um ataque cardíaco", disse o governador de Nova York, Andrew Cuomo, anunciando o estado de emergência e o envio preventivo de 500 soldados da Guarda Nacional.

Cuomo observou que o furacão deve atingir a costa de Long Island, lar dos luxuosos Hamptons, onde muitos nova-iorquinos ricos passam o verão, por volta de meio-dia no horário local (13h00 no horáro de Brasília) de domingo. "Será um evento que durará aproximadamente 26 horas", acrescentou Cuomo, alertando os nova-iorquinos para esperarem "quedas de energia significativas" e "inundações significativas" em alguns subúrbios da Big Apple.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, em seu último boletim, alertou sobre "perigosas tempestades, furacões e inundações" em áreas do sul da Nova Inglaterra e Long Island. Com ventos de até 120 km/h atualmente, Henri provocará entre 7cm e 15cm de chuvas em toda a região e até 25cm em alguns lugares, estimou o NHC, ao alertar sobre o risco de enchentes.

Uma parte do nordeste dos Estados Unidos, incluindo Nova York, foi colocada em alerta na sexta-feira por Henry, que poderia se tornar o primeiro furacão em 30 anos a chegar na costa de Nova Inglaterra.  "O último furacão que tocou solo em Nova Inglaterra foi Bob em 1991", disse à AFP Dennis Feltgen, porta-voz do NHC. Ele causou a morte de pelo menos 17 pessoas na costa leste.  Já último furacão a atingir a costa de Long Island foi o Gloria, em 1985.

Diante da ameaça, vários governadores pediram à população para ser prudente. Em Massachusetts, estado em que se encontra a cidade de Boston, o governador Charlie Baker pediu para "evitar as viagens desnecessárias", especialmente nos litorais.

No estado, onde todas as praias e parques estarão fechados entre sábado e segunda-feira, o furacão poderia provocar cortes de energia elétrica que afetariam entre 100.000 e 300.000 habitantes, segundo o escritório do governador.

Postar um comentário

0 Comentários