Header Ads Widget

header ads

Tempestade que atingiu Londres revela um achado histórico

 Segundo o site https://www.msn.com/pt-br/noticias: Nos últimos dias Londres foi atingida por uma tempestade que revelou um tesouro da época da Idade do Ferro.

Foram encontradas 300 potinas, moedas da Idade do Ferro, com pelo menos 2.000 anos de existência. As moedas possuem imagens que representam o Deus Apolo em um lado, e um touro no outro. Descubra por que estas moedas são consideradas um achado histórico.                                                                              

Em notícia divulgada pelo magazine Smithsonian, Emma Tetlow, uma das líderes da escavação, afirmou que a descoberta foi feita depois de identificar uma parte do solo com cores diferentes. “O pedaço do chão era azul-esverdeado escuro, o que sugere metal oxidado, e quando olhamos mais de perto, pudemos ver discos de metal fracamente compactados”.

 As potinas, como são conhecidas este tipo de moeda, recebem esse nome por serem feitas de uma liga de cobre, estanho e chumbo. Cada uma tem em torno de 3 centímetros de diâmetro. O design dessas moedas foi baseado em moedas feitas em Marselha, França, cerca de 2.175 anos atrás.

Confira também:

A importância desse achado histórico

Na região da Inglaterra, essas moedas foram localizadas principalmente em Kent, Essex e Hertfordshire. Acredita-se que elas tenham começado a ser fabricadas por volta de 150 a.C. As primeiras versões, que se tem registro, eram discos volumosos que foram apelidados de Thurrock. Já as novas potinas, que tem formato plano e usam imagens simplificadas, receberam o apelido de Hillingdon Hoard.

Hoard.

Reprodutor de vídeo de: YouTube (Política de PrivacidadeTermos)

As pesquisas na região em que as potinas foram localizadas teve início com o estudo da rota planejada para a Ferrovia HS2. Ao longo das pesquisas foram descobertas evidências dos primeiros assentamentos humanos desde 11.000 anos atrás. Mais recentemente, foram descobertos achados históricos referentes a batalha da Guerra das Rosas, séc. 15, e uma isca de bombardeio da Segunda Guerra Mundial.

A recente descoberta pode receber o reconhecimento com tesouro pela lei britânica. Após a análise de um especialista, será decidido se as potinas podem receber este título e se serão postas a disposição para aquisição por museus.


Postar um comentário

0 Comentários