Header Ads Widget

header ads

Aluno pernambucano atinge maior nota de matemática do Brasil no Enem

 Segundo o site https://www.diariodepernambuco.com.br: A facilidade com os números sempre fez parte do cotidiano do estudante Eduardo Belian, de 16 anos, morador do tradicional bairro de Peixinhos, em Olinda.

Com um misto de alegria e surpresa, o aluno do Colégio Núcleo, no Recife, conquistou a maior nota de matemática do Brasil, na recente edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que teve os resultados divulgados nesta segunda-feira (29). O acerto de todas as 44 questões da prova, alcançando a nota de 975, fez o garoto tímido e que não esconde a paixão pelos jogos de videogame conseguir provar que é possível chegar mais longe, cabendo dedicação e bastante foco no futuro.

“Acho que não sou nenhum super-herói, mas vejo que meu exemplo pode servir para motivar outros estudantes. Nunca fui de ter uma rotina fechada de estudos, mas sempre gostei bastante de praticar exercícios, simular questões e ter as disciplinas exatas mais perto de mim”, conta Eduardo, que fez o Enem pela primeira vez, ao concluir o 3º Ano do Ensino Médio. “Ao conferir o gabarito eu tinha uma noção de que tinha feito uma boa prova. Mas a emoção de olhar no site e ver aquele resultado foi incrível. A ficha parece que ainda não caiu”, diz, ao lembrar a comemoração ao lado da mãe, sua torcedora número um.

Os tempos de pandemia, regados à várias incertezas, não conseguiram afastar de Eduardo a vontade de crescer, almejando o curso de engenharia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Segundo ele, a quarentena trouxe a alternância entre as aulas remotas e presenciais. “No início bateu um certo medo de como seria fazer um Enem no meio de tudo isso. Mas não me deixei afastar do objetivo principal, de correr atrás dos meus sonhos”, afirma o adolescente, que continua: “O apoio do time de professores, com exercícios práticos e sempre ótimas ideias, foi essencial para alcançar este sucesso”, diz.

O sentimento é compartilhado pelo professor de matemática do Núcleo, Fernando Sanchez, analisando que as questões trazidas nesta edição do exame sinalizaram um novo patamar. “Nós já vimos percebendo que o Enem trouxe uma escala de modernização constante, desde que se tornou uma plataforma de vestibular unificada. Utilizando uma nova linguagem, as questões se tornaram mais próximas dos estudantes. A exigência deixou de ser apenas pelo conhecimento teórico, mas que se saiba aplicar um conhecimento que deve ser presente no seu dia a dia”, explica. Para o docente, que acompanha Eduardo nas salas de aula desde bem novo, a curiosidade e o desejo de buscar mais continuam sendo vitais para quem busca uma boa carreira profissional.

“É um aluno que, desde muito cedo, foi estimulado ao protagonismo. Sempre buscando a pesquisa nas disciplinas exatas e da natureza, e com aquela vontade de ir além. O excelente resultado que nos deparamos agora só vem coroar esta sua dedicação”, afirma. O educador e diretor do Colégio Núcleo, Gilton Lyra, também comemora o topo nacional obtido pela instituição de ensino. “Para nós é sempre motivo de muita alegria, representando uma vitória para todos os pernambucanos. Mesmo em um ano de tantas adversidades, foi possível mostrar que a dedicação traz excelentes resultados”, afirma. Conforme o educador, conteúdo e metodologias assertivas impulsionam este quadro exitoso. “Ele superou uma prova bastante extensa e complexa, graças ao seu esforço e a orientação correta. São exemplos reais que nos mostram como é possível vencer através da educação”, concluiu.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é considerado uma das portas de entrada dos estudantes ao ensino superior. Com a nota, os participantes podem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em universidades federais e outras instituições de ensino. Usando o resultado do exame, ainda é possível assegurar uma bolsa em universidades privadas pelo ProUni (Programa Universidade para Todos) ou por meio de um financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

Postar um comentário

0 Comentários