quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

PE proíbe bares, restaurantes e ambulantes no Bairro do Recife e Sítio Histórico de Olinda no fim de semana de carnaval

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Também foi anunciado, nesta quarta-feira (10), um auxílio emergencial para pessoas que dependem do ciclo carnavalesco para sobreviver. Governador fez pronunciamento pela internet.

O governo de Pernambuco proibiu o funcionamento de bares, restaurantes e do comércio ambulante no Bairro do Recife e no Sítio Histórico de Olinda, no fim de semana do carnaval. O anúncio, feito nesta quarta (10), é válido entre 20h de sexta (12) e 6h de segunda (15). Um auxílio para grupos que dependem da folia e um reforço no policiamento também foram anunciados      De acordo com o governador Paulo Câmara (PSB), a medida foi adotada para evitar aglomerações de pessoas e, assim, conter a disseminação do novo coronavírus. O carnaval no estado foi suspenso devido à pandemia, bem como o ponto facultativo para repartições públicas.

"Os órgãos dos estados, em conjunto com as prefeituras das duas cidades, irão fiscalizar o cumprimento do decreto e prevenir a aglomeração de pessoas nos dois locais", afirmou o governador.                                              

Auxílio

Devido ao impacto financeiro causado às pessoas que dependem do          carnaval para sobreviver, segundo Paulo Câmara, foi enviado à          Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) um projeto de lei,                     em caráter emergencial, estabelecendo um auxílio emergencial para                 os artistas vinculados ao ciclo carnavalesco de Pernambuco.

"Esse auxílio vai beneficiar 450 grupos artísticos e agremiações vinculados ao ciclo carnavalesco pernambucano. É um investimento de R$ 3 milhões para a concessão de auxílios que vão de R$ 3 mil                    a R$ 15 mil, de acordo com um edital que será lançado. Os pagamentos serão feitos em março e abril", declarou.              

Denúncias

O governo afirmou, também, que haverá um reforço de 1.928 postos                  de trabalho de policiamento, durante o período do carnaval, para                   fiscalizar e reprimir aglomerações e demais irregularidades. É                  possível fazer denúncias de troças, blocos ou qualquer outra                   aglomeração pelos números 190, 181 e pelo telefone 0800.081.5001.

"Todas as forças de segurança estarão com reforço, bem como as delegacias. A fiscalização será                 intensificada no Sítio Histórico de Olinda, Bairro do Recife e outros pontos da Região Metropolitana,                   Agreste e Sertão", afirmou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.         

Nenhum comentário:

Postar um comentário