sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Mulher é encontrada morta dentro de casa em Igarassu; polícia investiga latrocínio

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Por meio de nota, a Polícia Civil informou, nesta quinta (18), que a vítima tinha cerca de 60 anos. Uma equipe do DHPP esteve na residência dela.

Uma mulher foi encontrada morta dentro de casa, no Centro de Igarassu, no Grande Recife. A Polícia Civil informou que as apurações iniciais apontam que ela foi vítima de latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

A descoberta do corpo aconteceu nesta quinta (18). Por meio de nota, a        polícia disse que a vítima aparentava ter cerca de 60 anos. A polícia não informou quando ocorreu o óbito.

Uma equipe da Força-Tarefa de Homicídios, do Departamento de              Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), esteve na casa da mulher                  para fazer levantamento do caso. O fato será investigado pela 6ª                    Delegacia de Polícia de Homicídios (DHP).                                                                                                                          

Estatísticas

Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), 297 homicídios                   foram registrados em janeiro de 2021. Isso equivale a uma                     redução de 11,6% com relação aos 336 crimes violentos letais                  intencionais (CVLIs) contabilizados no estado no mesmo mês                           em 2020.

De acordo com o governo estadual, essa diminuição percentual                         foi a maior registrada no mês de janeiro desde 2014, quando              Pernambuco contabilizou 256 mortes violentas intencionais.

Dos 25 assassinatos de mulheres ocorridos em Pernambuco em                   janeiro de 2021, nove foram classificados como feminicídios, quando                      a mulher morre por sua condição de gênero.

No primeiro mês de 2020, 21 mulheres perderam a vida de forma               violenta, sendo oito casos em que a polícia apontou o feminicídio                   como motivação do crime. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário