domingo, 7 de fevereiro de 2021

Apenas 3 municípios da Paraíba estão na bandeira verde

 Segundo o site https://www.portalt5.com.br: Não há municípios avaliados na bandeira vermelha

Mogeiro, Natuba e Baía da Traição são os únicos municípios paraibanos classificados na bandeira verde, de acordo com o Plano Novo Normal, divulgado neste sábado (6). O documento aponta que 89% das cidades paraibanas (198) estão classificadas na cor amarela. Já 22 municípios devem ter a mobilidade restrita, uma vez que estão classificados em bandeira laranja

Não há municípios avaliados na bandeira vermelha, cuja cor indica mobilidade impedida.

Em comparação com a avaliação anterior, três municípios passaram da bandeira verde para a bandeira amarela. Seis municípios tiveram transição da bandeira amarela para a bandeira laranja e foram registradas três transições da bandeira amarela para a bandeira verde, que teve sua participação mantida em 3% dos municípios paraibanos. Por sua vez, três municípios paraibanos transitaram da bandeira laranja para a bandeira amarela.

“Cabe sempre ressaltar que as transições para bandeira laranja (possível piora da classificação) devem ser acompanhadas com ainda mais atenção e cautela pelas autoridades sanitárias locais, para que se evite um agravamento ainda maior na disseminação da Covid-19 em seus territórios”, pontuou o secretário executivo de Gestão de Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrammi.

O secretário reforça que entre os dias 12 e 17 de fevereiro de 2021 haverá suspensão do ponto facultativo nos serviços públicos estaduais, bem como limitação do funcionamento de bares e restaurantes até as 23h, sendo possível que sigam funcionando após este horário apenas para atividades de delivery e take away. Tais medidas visam atenuar os efeitos negativos vinculados ao alto potencial para geração de aglomerações das festividades carnavalescas, cuja realização está vedada pela autoridade sanitária estadual e pelo Governo do Estado da Paraíba. 

“Os esforços para que se contenham as evoluções da situação pandêmica para pior devem ser mantidos e dependem da decisão de cada uma das pessoas em seguir protegendo suas vidas por meio dos métodos e comportamentos reconhecidamente efetivos para conter a disseminação do novo coronavírus. Neste contexto é fundamental destacar que a temporada de verão no litoral e balneários paraibanos, bem como o período de carnaval que se aproxima merecem máximo empenho de todas as paraibanas e paraibanos no sentido de seguirem usando máscaras com frequência, não se aglomerar, ou seja, conviver apenas com seu núcleo familiar básico (pessoas que residem no mesmo domicílio), além de manter boa higiene das mãos”, orienta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário