Header Ads Widget

header ads

Festas na Praia dos Carneiros têm aglomerações, pessoas sem máscara e desrespeito às medidas de prevenção à Covid-19

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Praia localizada em Tamandaré, no Litoral Sul, é um dos principais pontos turísticos do estado. Festas estão proibidas devido à pandemia, que matou 9.612 pessoas em PE até esta terça (29).

Festas em hotéis na Praia dos Carneiros causaram aglomerações em Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco, nesta última semana de dezembro . Eventos do tipo estão proibidos  devido à pandemia de    Covid-19, pois põem em risco a saúde e a vida de outras pessoas ao aumentar o risco de contaminação pelo novo coronavírus, que deixou 9.612 mortos e 217.772 infectados no estado  até esta terça-feira (29).

Imagens publicadas nas redes sociais mostram muitas pessoas              bebendo e se aglomerando, próximo a piscinas e quiosques, ao som                de música eletrônica. Nenhuma das pessoas que aparecem nos vídeos              usa máscara. Um decreto válido desde 8 de dezembro proíbe shows                e esse tipo de festa durante as comemorações de fim de ano e até           depois do carnaval.

Ainda de acordo com essa regra, os hotéis estão autorizados a                       funcionar, mas não podem promover festas, mesmo que sejam               somente para os hóspedes.                                                                                        Nos hotéis, pode haver apenas serviços nas áreas de refeição, para                    os clientes hospedados, com acompanhamento de som mecânico ou               ao vivo, desde que sejam obedecidos todos os protocolos de higiene estabelecidos para prevenir a transmissão do coronavírus.                                 Os médicos e a ciência consideram que, para frear o avanço da                    Covid-19, antes da chegada da vacina, é preciso reforçar as medidas                de higiene e distanciamento. Quando o respeito a si mesmo e aos               outros não vem por conta própria da população, o governo recorre à fiscalização. Em Pernambuco, o Procon é um dos responsáveis por          fiscalizar bares e restaurantes e interditou 19 locais.

Segundo o secretário de Justiça e Direitos Humanos de                    Pernambuco, Pedro Eurico, a obrigação de fiscalizar aglomerações                  em hotéis e pousadas é dos municípios. "Nós temos Procons              municipais, que devem atuar. Eu quero fazer um apelo, feito nesta                         [terça-feira, dia 29 de dezembro] nós mandamos um ofício para                   todos os prefeitos do estado, para os prefeitos colaborarem.                    Também a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Vigilância                      Sanitária estarão presentes em todo o estado", afirmou.

A TV Globo entrou em contato com a prefeitura de Tamandaré,                        que deveria ter proibido a festa, mas a gestão do prefeito Sérgio                 Hacker (PSB) não se pronunciou. Os responsáveis pela festa                   também foram contactados por meio de ligações e mensagens,                          mas não responderam aos contatos até a última atualização desta          reportagem.                                                                                                                  Pernambuco contabilizou, nesta terça-feira (29), mais 1.778 casos                 de Covid-19 e 24 novas mortes causadas pela doença, segundo                      a Secretaria Estadual de Saúde. Com isso, o estado totalizou 217.772 confirmações da doença, sendo 29.291 casos graves e 188.481                quadros leves. Os primeiros casos foram registrados em março.             

Postar um comentário

0 Comentários