Header Ads Widget

header ads

Doutora Nadegi garante concurso para professor, guarda municipal e agentes de saúde

 Segundo o site https://portaldeprefeitura.com.br: Gestora municipal disse, em entrevista ao site Portal de Prefeitura, que a cidade precisa de mais de 200 profissionais da área da Educação.

Em entrevista ao Portal de Prefeitura, no mês de dezembro, a prefeita reeleita da cidade de Camaragibe, Doutora Nadegi Queiroz disse que a cidade da Região Metropolitana do Recife precisa de concurso público para professores. Segundo a gestora municipal, a expectativa da realização das provas é no segundo semestre de 2021.

Nadegi fez questão de pontuar que a cidade precisa de mais de 200 profissionais da área da Educação e que a realização do concurso é fundamental para acabar com problemáticas que a cidade passou durante o ano de 2020. 

“Eu não tenho dúvidas que precisamos de concursos públicos, seja para professor, para guarda municipal, para agente de saúde, para médicos. Precisamos realizar. Quando realizamos as provas, você encerra a problemática de promover a seleção pública. Concurso público é fundamental”, afirmou Nadegi.

Durante a conversa com o radialista e jornalista Rodolfo Kosta, a gestora reeleita explicou a situação da suspensão de contratos dos professores da rede municipal. A ideia de Nadegi é recontratar todos os profissionais quando a crise sanitária da pandemia do novo coronavírus passar.

Nadegi no estudio redação do Portal de Prefeitura. Foto: Beto Dantas/Portal de Prefeitura

Prefeita antecipou que além da necessidade de professores, precisa ao menos, de 50 guardas municipais para a cidade. Entre agentes de saúde cogita uma demanda de 30 a 40 ou no máximo 50 servidores.

Leia também:
>>>Governo Nadegi recebe prêmio nacional por programa de assistência às famílias
>>>Em Camaragibe, Doutora Nadegi é reeleita prefeita do município

Médica ginecologista, Nadegi assumiu o cargo  de gestora municipal em 2019 e exonerou quase todos os cargos e secretarias na antiga gestão de Meira.

Montando sua própria equipe e se afastando de uma vez do ex-prefeito, Nadegi foi em buscas de alianças para seguir no comando do município.

Doutora Nadegi foi reeleita prefeita da cidade de Camaragibe no dia 15 de novembro deixando para trás o seus principais oponentes: Jorge Alexandre (Solidariedade) e Beto Accioly (PP). A cidade do Grande Recife elegeu a primeira mulher a conquistar o cargo de gestor do poder executivo municipal.

A cidade de Camaragibe é sexto município mais populoso da Região Metropolitana, ficando atrás do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Paulista e Cabo de Santo Agostinho.

O município surgiu dos antigos engenhos como o Camaragibe, criando em 1549 e considerado um dos mais prósperos da região até a invasão Holandesa. De acordo com o ultimo censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município possuía uma população de 151.587 habitantes, espalhados em uma área de 51,257 km².

Diplomação

Doutora Nadegi, reeleita prefeita com a maior votação da história de Camaragibe,  foi diplomada pela Justiça Eleitoral, na sexta-feira (18), para conduzir o executivo municipal por mais quatro anos.

A cerimônia, presidida pela juíza Ana Marques Verás, foi realizada no Cineteatro Bianor Mendonça Monteiro, com adoção das medidas sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus. Na ocasião, o vice-prefeito eleito, Délio Júnior, e os vereadores que venceram o pleito de 2020 também foram diplomados.

“Este diploma representa muito para mim. Ele representa a minha história dentro desse município. Quero agradecer mais uma vez ao povo de Camaragibe que me concedeu esse diploma e disse: ‘você veio, ficou, trabalhou e tomou conta da gente’. E eu vou tomar conta desse povo. Vamos trabalhar por todos os camaragibenses; vamos trabalhar com compromisso e com responsabilidade. Vamos andar nas ruas e escutar as pessoas porque a coisa mais importante em uma gestão é a transparência e a participação popular”, destacou a Doutora Nadegi.

Mulheres na política – Ainda durante o discurso, a prefeita de Camaragibe,
reeleita com 45.941 votos (58,2%), ressaltou a importância da participação feminina na política.

“As mulheres ainda não têm participação em massa na política. Elas trabalham, cuidam da casa, dos filhos; são vários afazeres. Quando estão nesses espaços, são protagonistas. Peço que a Câmara de Vereadores do nosso município tenha um olhar especial sobre as pautas femininas. Fomos gerados por mulheres e devemos deixar que esse sentimento feminino que carregamos nos conduza nas escolhas do bem. Temos que discutir caminhos para erradicar a violência contra as mulheres, fortalecer nossa maternidade, viabilizar mais atendimentos e cuidar com carinho de todas e de todos”, frisou.



Postar um comentário

0 Comentários