domingo, 27 de dezembro de 2020

Com cerca de 87 mil viajando, movimento nos terminais aumenta

 Segundo o site https://www.correiobraziliense.com.br: Na Rodoviária Interestadual de Brasília e no Aeroporto JK, a estimativa é de que a movimentação seja de 87 mil passageiros nos próximos dias. Nas estradas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai intensificar a fiscalização, para prevenir crimes e acidentes

Durante o feriado de ano-novo, a Rodoviária Interestadual de Brasília deve ter um fluxo de, aproximadamente, 53 mil pessoas. No Aeroporto de Brasília, a estimativa é de que mais 34 mil passageiros circulem pelo terminal aéreo. Em meio à movimentação maior e à pandemia da covid-19, as empresas, companhias de viagem e os agentes de segurança pública se preparam para garantir que haja cumprimento das determinações dos órgãos de saúde e das regras estabelecidas para contenção dos casos da doença.                                                                                                                Os principais destinos das mais de 53,5 mil pessoas que passarão pela rodoviária são as cidades de Belo Horizonte, Goiânia, Rio de Janeiro, São Paulo, Anápolis (GO), Irecê (BA), Santa Maria da Vitória (BA) e Unaí (MG). Para atender ao grande fluxo, entre 28 de dezembro e 4 de janeiro, o terminal contará com, ao menos, 210 ônibus extras.

Quem for viajar nesse período deve usar máscara, álcool em gel nas mãos e itens pessoais, bem como evitar aglomerações. O terminal rodoviário conta com colaboradores em rondas, para checar o cumprimento das medidas; demarcação do piso e de assentos; além de avisos sonoros e visuais que alertam para a necessidade de distanciamento social.                                                                                                        A rodoviária dispõe, ainda, de álcool em gel 70%; lixeiras exclusivas para o descarte de máscaras, luvas e lenços; e desinfecção de superfícies como corrimões e alças de carrinhos de bagagem, assim como as áreas de circulação. É recomendável que os passageiros comprem a passagem pela internet. Caso o viajante apresente algum sintoma da covid-19, ele tem até três horas para entrar em contato com a empresa de ônibus e remarcar a viagem. É possível postergar para qualquer data, em um período de até um ano.

Reforço

Entre 29 e 30 de dezembro, o Aeroporto Internacional de Brasília deve receber cerca de 34 mil pessoas por dia. Os horários com maior movimentação são das 7h às 10h e das 18h às 21h. Por causa do fluxo, a Inframerica orienta os passageiros a chegar com duas horas de antecedência ao terminal e ressalta a importância do uso correto da máscara de proteção, além do respeito ao distanciamento nas filas. O espaço conta com pontos para uso de álcool em gel e totens com disponibilização do produto em cada portão de embarque.                                                                                                  Equipes de bombeiros desinfetam constantemente os ônibus de transporte entre o terminal e as aeronaves, auxiliam na aferição de temperatura dos passageiros no desembarque e conferem as câmeras de detecção termográfica no embarque. A limpeza de todo o aeroporto também recebeu reforço, e os banheiros passam por processo de higienização a cada uma hora e meia.

As medidas deram mais segurança para Marilene Cardoso, 46 anos. Em 24 de dezembro, ela viajou para Vitória, para passar o Natal e ano-novo com a sogra. A técnica de enfermagem deve retornar a Brasília em 2 de janeiro. “A volta, assim como a ida, será de avião. No início, estava apreensiva, mas percebi que os terminais de embarque e desembarque estão seguindo todas as normas de combate ao novo coronavírus, assim como as companhias aéreas”, avalia. A moradora do Cruzeiro Novo acredita que a viagem será segura, mesmo durante a fase de aumento do fluxo de passageiros.

Para as rodovias do DF, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) afirma que não tem estimativa de quantos carros devem transitar durante o feriado. No entanto, até 21 de fevereiro, agentes da instituição vão intensificar a fiscalização nas vias de todo o país, por meio da Operação Rodovida. Os trabalhos serão focados na prevenção de ocorrências graves, na educação para o trânsito e na repressão qualificada à criminalidade.       

Nenhum comentário:

Postar um comentário