segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Bares e restaurantes planejam acionar Justiça contra restrições em São Paulo

 Segundo o site https://www.srzd.com/brasil: O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Percival Maricato, classificou como “injustas e improdutivas” as novas medidas restritivas de combate à Covid-19 anunciadas nesta sexta-feira (11) pelo Governo de São Paulo.

As novas regras, que passam a valer a partir deste sábado (12), determinam que bares só poderão ficar abertos até as 20h, enquanto restaurantes terão horário de funcionamento até as 22h, mas com a venda de bebida alcoólica restrita até as 20h. Clique aqui para ver detalhes.                                                                                                                                        Na avaliação do presidente da entidade, estabelecimentos terão perdas e muitos podem fechar com as novas medidas. “O impacto é quase que total. Se você ficar com o restaurantes aberto, onde a pessoa vai jantar, ela chega às 20h e tem sair às 22h e não pode beber, então você prefere fechar, porque vai dar prejuízo. Equivale a dizer feche ou quebre”, disse.

Segundo ele, com a pandemia, 30% das empresas do setor quebraram e o restante, que esperava faturar alguma coisa no fim do ano, será prejudicado. “Não vai conseguir pagar 13º, não vai conseguir pagar aluguel…”, acrescentou.

“Injusto, porque se tinha alguém fazendo o dever de casa eram os restaurantes. Você vê aí o que é essa vergonha que é a 25 de Março, o Brás, enfim, ruas com dezenas de milhares de pessoas circulando, muitas sem máscara. Tem pancadão, praia, e o setor que estava cumprindo os protocolos é que vem a ser punido, o setor que guardava a distância das mesas, tinha máscara, tinha álcool em gel… E é improdutivo, porque essas aglomerações continuam”, completou em depoimento ao site Metrópoles, ressaltando que a Abrasel planeja acionar a Justiça na segunda-feira contra as novas restrições no estado de São Paulo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário