domingo, 20 de dezembro de 2020

Adolescente de 17 anos é assassinada com um tiro no rosto em Jaboatão

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Crime ocorreu neste sábado (19) na Rua Tenente Maurício Medeiros, em Cavaleiro. Antes de ser morta, vítima teria sacado o Auxílio Emergencial em um centro de compras em Piedade. Polícia investiga como latrocínio.

Uma adolescente de 17 anos foi assassinada, neste sábado (19), na Rua Tenente Maurício Medeiros, no bairro  de Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo o Departamento de Homicídios e    de Proteção à Pessoa (DHPP), Adlla Sthefany Thatrão Nascimento teria sido vítima de latrocínio, que é o     roubo seguido de morte.

Informações iniciais coletadas no local do crime pela Polícia Civil                apontam que ela teria sido morta depois de efetuar o saque do Auxílio Emergencial em um centro de compras na Avenida Barreto de              Menezes, no bairro de Piedade, também em Jaboatão. As                  investigações foram iniciadas pelo delegado Felipe Monteiro,                plantonista no DHPP.

"Testemunhas relataram que estavam querendo levar a bolsa dela,                 que estaria com o benefício do Auxílio Emergencial e que, por isso,            teriam efetuado o disparo de arma de fogo, mas a gente não descarta          outras possibilidades. Não sabemos se ela tava com cartão de                       alguém, algum parente, ou se era dela", afirmou o delegado ao G1.

Adlla trabalhava em um bar e, também de acordo com a polícia,                  estava morando há poucos dias nas proximidades do local onde                 ocorreu o crime. Segundo o perito criminal Ranon Barros, do Grupo Especializado de Perícias em Homicídios, do DHPP, a vítima foi               encontrada sem bolsa ou documentos.                                                                    "Ela tinha um disparo na altura da orelha, entre o rosto e orelha. Foi  encontrada em um beco estreito com algumas casas. Não tinha bolsa,          carteira, documento, nada", disse.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário