segunda-feira, 8 de junho de 2020

Inquérito do Caso Backer completa 5 meses e vítimas ainda esperam justiça

Segundo o site https://www.em.com.brPolícia Civil diz que investigação de cervejaria por contaminação de clientes com dietilenoglicol está na etapa final
Perguntas a serem respondidas e vítimas em busca de justiça. Chegam, hoje, ao quinto mês os trabalhos do inquérito policial que investiga a cervejaria Backer pela presença da substância química dietilenoglicol, causadora da intoxicação exógena que deixou 42 vítimas, segundo números da Polícia Civil, em Minas Gerais, das quais nove morreram. Entre os prejudicados está Luciano Guilherme de Barros, de 57 anos. Após 177 dias de internação no Hospital Mater Dei, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, recebeu alta na quarta-feira passada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário