Justiça condena homem que ‘encostou com a calça aberta’ em mulher no Metrô em SP

Segundo o site https://www.diariodocentrodomundo.com.brA 2.ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão que condenou um homem pelo crime de importunação sexual contra uma mulher em um vagão do Metrô.   A pena foi fixada em um ano de prestação de serviços à comunidade.   A vítima relatou que estava em um vagão lotado quando sentiu que ‘alguém que estava por trás lhe incomodando’.
Ela reclamou, mas o homem voltou a encostar. A mulher então se virou e percebeu que a calça do passageiro estava aberta. Ele foi contido por testemunhas e retirado por seguranças.
De acordo com o relator da apelação, desembargador Sérgio Mazina Martins, ‘tratando-se de crimes sexuais, a jurisprudência é pacífica no sentido de que a palavra da vítima é de extrema importância para a elucidação dos fatos’.       

Comentários