quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

INSS libera atrasados para 54 mil aposentados e pensionistas

Segundo o site https://www.simoesfilhoonline.com.brINSS libera atrasados para 54 mil aposentados e pensionistas .INSS libera atrasados para 54 mil aposentados e pensionistas O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai começar o pagamento de mais um lote de valores atrasados para pessoas que recebem auxílio doença, pensão, aposentadoria e outros benefícios.
Esses segurados ganharam ação de revisão ou concessão da aposentadoria contra o órgão e tiveram o atrasado liberado pelo juiz. O montante para pagar o lote mensal de RPVs (Requisições de Pequeno Valor) foi liberado pelo CJF (Conselho da Justiça Federal) aos TRFs (Tribunais Regionais Federais) na última sexta-feira (21/02).
A expectativa é de que o processamento do pagamento seja feiro até o início de março. O processamento é a última etapa antes de o segurado receber a bolada a que tem direito. Nele, o tribunal abre contas no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal para que você receba o valor.
As RPVs são atrasados de até 60 salários mínimos, o que dá R$ 62,7 mil hoje, considerando o salário de R$ 1.045.

54 mil pessoas vão receber atrasados do INSS

Ao todo, o CJF liberou R$ 675,8 milhões para pagar as vitórias dos segurados em 44.029 processos contra o INSS. No país, 54.791 cidadãos serão beneficiados.                              Para saber se vai receber, o segurado deve acessar o site do TRF de sua região. É preciso que, na RPV, esteja uma data entre 1º e 31 de janeiro. Isso porque o dinheiro liberado em fevereiro paga os atrasados das ações que chegaram totalmente ao final e tiveram a ordem de pagamento emitida pelo juiz no mês passado.                                      
  • A grana pode ser retirada pelo próprio beneficiário ou pelo advogado.
  • No caso de o beneficiário já ter morrido, os herdeiros têm direito a receber a quantia.
Saiba o momento certo de pedir a revisão para turbinar a aposentadoria do INSS

Veja a liberação por região

TRF da 1ª Região (Sede no DF, com jurisdição no DF, MG, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP)
  • Geral: R$266.629.250,99
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$220.359.972,48 (12.353 processos, com 13.488 beneficiários)
TRF da 2ª Região (sede no RJ, com jurisdição no RJ e ES)
  • Geral: R$63.922.629,82
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$47.489.841,09 (3.090 processos, com 3.822 beneficiários)
TRF da 3ª Região (sede em SP, com jurisdição em SP e MS)
  • Geral: R$138.401.722,95
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$117.050.908,08 (5.814 processos, com 6.659 beneficiários)
TRF da 4ª Região (sede no RS, com jurisdição no RS, PR e SC)
  • Geral: R$202.889.307,72
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$169.797.010,47 (12.650 processos, com 15.542 beneficiários)
TRF da 5ª Região (sede em PE, com jurisdição em PE, CE, AL, SE, RN e PB)
  • Geral: R$158.025.068,65
  • Previdenciárias/Assistenciais: R$121.104.665,99 (10.122 processos, com 15.280 beneficiários)
Fonte: Conselho da Justiça Federal      

Nenhum comentário:

Postar um comentário