segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Dia vira noite e Rio entra em estágio de atenção

Segundo o site https://odia.ig.com.brEstágio de atenção é o segundo de uma escala de cinco níveis. Às 15h50 o sistema Alerta Rio informou que os núcleos de chuva moderada a forte que atuavam sobre a cidade se deslocaram para o oceanoLagoa Rodrigo de Freitas durante a chuva desta segunda-feiraLagoa Rodrigo de Freitas durante a chuva desta segunda-feira - 
Rio - A cidade do Rio entrou em estágio de atenção às 14h35 desta segunda-feira, devido às pancadas de chuva forte que atuam sobre a cidade do Rio, principalmente na Zona Norte e no Centro. O estágio de atenção é o segundo de uma escala de cinco níveis. Às 15h50 o sistema Alerta Rio informou que os núcleos de chuva moderada a forte que atuavam sobre a cidade se deslocaram para o oceano.
No momento, há núcleos de chuva fraca atuando em pontos isolados da cidade, que também perdem intensidade.
Durante a tarde, núcleos de chuva forte e muito forte se deslocaram pela Zona Norte, Centro, parte de Jacarepaguá e da Zona Sul.                                                                    Choveu forte em Jacarepaguá e no Tanque (29,2 mm), na Ilha do Governador (26,4 mm), na Cidade de Deus (26,4 mm), e em São Cristóvão (30 mm). Entre 15h15 e 15h30 a chuva diminuiu e está moderada na Tijuca, em São Cristóvão, na Saúde, na Ilha, na Muda e no Grajaú.
Na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, há alagamentos nas ruas Eutíquio Soledade, Muiatuca, Estrada da Bica e Avenida Coronel Luis de Oliveira Sampaio, neste bairro.
No Complexo do Alemão as sirenes de alertas foram acionadas. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199.
A Avenida Brasil tem focos de alagamento na altura de Parada de Lucas.
O VLT informou que as linhas 1 e 3 estão com intervalo irregular e que a linha 2 (Praça XV-Central) não opera por causa de alagamentos no trajeto.
A Light informa que houve interrupção no abastecimento de energia em trechos de ruas de São Cristóvão e da Ilha do Governador. Técnicos já estão atuando para restabelecer o fornecimento, segundo a companhia.
O Aeroporto Santos Dumont precisou ser fechado para pousos e decolagens às 14h41, mas retomou as operações às 15h04. O Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) opera com instrumentos.
Bolsões d'água
A Prefeitura do Rio registrou de bolsões d'água em diversos pontos da cidade.
Na Zona Sul, há bolsões na Rua do Catete e na Rua Professor Abelardo Lobo, na Lagoa, altura da Rua Professor Saldanha; na Rua Muniz Barreto, na altura da Rua Marquês de Olinda, em Botafogo.
Na Zona Norte, há bolsões na Rua Ibiapina, na Penha, na altura da Rua Monsenhor Alves; no Largo Vicente Carvalho (sentido Av. Brasil); na Avenida Pastor Martin Luther King Jr, 125, em Del Castilho, na altura da Rua Capitão Sampaio; no Campo de São Cristóvão; na Avenida Brasil, na altura da Linha Vermelha no Caju; e na Rua Etelvina, na altura da estação de trem de Olaria.
Confira as medidas de segurança recomendadas pelo Centro de Operações da Prefeitura do Rio:
- Não se desloque pelas regiões mais afetadas pela chuva;
- Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;
- Não force a passagem de veículos em áreas aparentemente alagadas;
- Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas.
- Evite o contato com a água de alagamentos. A água pode estar contaminada e oferecer riscos à saúde;
- Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;
- Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;
- Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação e nas redes sociais do COR;
- Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros) e 199 (Defesa Civil).
Previsão para os próximos dias:
De acordo com o Sistema Alerta Rio, nesta segunda-feira (23/12), uma frente fria deve se deslocar pelo oceano e manter o tempo instável na cidade do Rio de Janeiro. Desta forma, o céu ficará nublado a encoberto com previsão de chuva fraca a moderada isolada pela manhã e chuva moderada a forte no período tarde e noite. As temperaturas estarão em declínio em relação ao dia anterior, com mínima de 21°C e máxima de 31°C.
Segundo o Alerta Rio, até terça-feira (24/12), com a passagem de uma frente fria e, na sequência, com o transporte de umidade do mar para o continente, continuarão existindo condições para chover de moderado a forte em qualquer horário, mas principalmente entre as tardes de segunda e terça-feira (um período inteiro de 24h).
É importante destacar que ainda está previsto um alto acumulado médio de chuva de 70mm, que pode cair até a tarde de terça-feira. Vale explicar que essa quantidade de chuva pode se distribuir ao longo deste período ou ocorrer em forma de pancadas, com um grande volume de chuva caindo em um curto período de tempo. Em ambos os casos, a previsão é de chuva moderada a forte dentro dessas 48h.
Entre quarta-feira (25/12) e sexta-feira (27/12), o tempo voltará a ficar estável, com predomínio de céu parcialmente nublado e sem chuva. As temperaturas voltarão a subir aos poucos.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário