quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Desempregados terão direito a cartão para andar de ônibus de graça e buscar nova vaga de trabalho

Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambucoO Vem Meu Emprego foi lançado nesta quinta (19). Segundo prefeitura, cartões serão entregues a partir de segunda (23), beneficiando apenas moradores do Recife.VEM Meu Emprego é oferecido pela prefeitura do Recife — Foto: Andréa Rêgo Barros/Prefeitura do Recife/DivulgaçãoMoradores do Recife que estão desempregados vão poder andar de ônibus de graça para tentar procurar uma nova oportunidade de trabalho. Lançado nesta quinta-feira (18), o cartão de transporte “VEM Meu Emprego” garantirá ao trabalhador o direito a 20 passagens de coletivos. A meta, segundo a prefeitura, é beneficiar mil pessoas por mês.
O anúncio do projeto foi feito no Centro Comunitário da Paz (Compaz) Governador Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha, na Zona Norte.
Além das passagens, segundo a administração municipal, os trabalhadores terão acesso a dez currículos com envelope. Eles serão elaborados com apoio das equipes das Agências de Emprego do Recife.                                                   Os cartões serão entregues a partir das 14h de segunda-feira (23). A ação ocorrerá nas agências de trabalho do Recife, na Avenida Rio Branco, no Bairro do Recife, e na Avenida Norte, número 5600, na Zona Norte. Elas funcionam das 7h30 às 17h
Cada inscrito será contemplado uma vez. As 20 passagens do anel A incluídas no cartão equivalem ao valor de R$ 69.
Para ter direito ao cartão de transporte, o desempregado precisa cumprir alguns requisitos. O primeiro deles é comparecer às agências e dar entrada no Seguro Desemprego. Essa ação pode ser feita nas agência de trabalho, segundo a prefeitura.
Para isso, a pessoa deve levar cópia da rescisão contratual para provar que foi demitida nos últimos 30 dias e mostrar que recebia até dois salários mínimos. Também é necessário comprovar residência no Recife.
A administração municipal destacou que o cartão é pessoal e intransferível. A idade mínima para ser beneficiado é 18 anos. O candidato também precisa comprovar que teve no mínimo seis meses de carteira assinada antes da demissão.
A iniciativa faz parte do Programa Chegando Junto. A ação será coordenada pela Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo (STQE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário