quarta-feira, 10 de abril de 2019

Qualidade das merendas nas escolas públicas influencia na melhoria do aprendizado de cada aluno

Segundo o site Assessoria de Imprensa Fórum Global de Nutrição Infantil, Ana Paula:: Todos os anos, cerca de 40 países se reúnem em um Fórum Global de Nutrição Infantil, para discutirem sobre inovações na alimentação escolar, a fim de proporcionar mais qualidade nutricional às merendas. Está mais do que comprovado cientificamente que, uma criança que se alimenta bem, tem melhor desempenho escolar. E isso não se baseia apenas em quantidade calórica, mas em qualidade de nutrientes e vitaminas, com composições balanceadas.

Além disso, a melhoria na alimentação também favorece o aumento da frequência escolar, já que muitas vezes, em países como o Brasil, a merenda é a única refeição do dia, de muitas crianças. Nosso país é o 119º no Ranking Mundial da Qualidade de Educação e esta medição é feita, de acordo com o tempo em que o aluno ocupa uma vaga na escola. Quanto maior o número de reprovações, mais vezes estes mesmos alunos entrarão nesta estatística.
A criança que se alimenta adequadamente, melhora a capacidade de aprendizagem, capacidade física, atenção, memória, concentração e a energia necessária para trabalhar o cérebro. Assim sendo, o poder público tem que levar em consideração que, para melhorar a nossa posição no ranking, não adianta apenas mudar a estratégia de educação, se não for adotado um cardápio mais saudável nas escolas, preparando os alunos para receber este ensino.
Mesmo porque, o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) assegura os direitos das crianças, tanto quanto qualquer outro cidadão, pela Constituição Federal, como cidadãs brasileiras. Países com renda per capita menor que a do Brasil, como Suíça, Finlândia e Cingapura, conseguiram reverter o quadro, através da mudança na alimentação.
Baseada em todos estes dados, a Chef Funcional Lidiane Barbosa, realiza o Projeto Crescer e Semear, dentro das escolas públicas de ensino infantil, durante todo o ano letivo, com o objetivo de fortalecer esta busca incessante, por uma alimentação mais saudável.
"O desenvolvimento social das camadas mais carentes do nosso país não diz respeito somente ao poder público, quando a sociedade entender que todos somos responsáveis, a transformação acontecerá de maneira permanente e sustentável, trazendo o desenvolvimento socioeconômico tão almejado por todos. O melhor lugar para iniciar a transformação é através da educação das crianças, sendo as informações alimentar e nutricional fundamentais para que os pequenos possam atingir todo seu potencial. Educando e informando as crianças tomarão decisões mais conscientes e irão se tornar cidadãos mais preparados para o desafio de construir uma nação melhor."
A finalidade é repensar a alimentação, incentivar hábitos saudáveis, aproveitamento total do alimento e, principalmente, ensinar brincando, de forma leve, gostosa e divertida. A criança bem alimentada terá mais disposição e melhor desenvolvimento no processo de aprendizagem, de suas habilidades, crescendo um adulto saudável e ativo.

Mais sobre Lidiane Barbosa:
  • Chef Funcional Lidiane Barbosa
A chef, trocou uma especialização com foco na carreira jurídica pelo curso de técnicas em gastronomia na Escola de Restauració I Hostalatge, de Barcelona, em 2002.
Não demorou muito para ela mergulhar de cabeça na gastronomia funcional. Fez pós-graduação e outras especializações na área. Em 2015, teve a oportunidade de expandir seus conhecimentos estudando na Le Cordon Bleu, em Paris. Estudou no Natural Gourmet Institute, em Nova York, Escola Jamie Oliver, em Londres e Matthew Kenney Culinary School em Venice Beach
Lidiane tem como "bandeira" a disseminação da comida "de verdade", o uso de ingredientes integrais, frescos e orgânicos, incentivo ao produtor local, a utilização das plantas alimentícias não convencionais (PANCS) e a socialização por meio da comida. É também especialista em gastronomia sem glúten e sem outros alergênicos.
A chef é requisitada para consultorias a restaurantes e bistrôs pelo Brasil. No currículo, são 16 estabelecimentos em Belém, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Santa Catarina, São Paulo etc. Ela também viaja o país comandando cursos e workshops de gastronomia funcional. Já foram mais de 400 cursos e palestras, 80 cidades e um total de mais de 40 mil alunos.
É autora das receitas do livro "Vó Leninha e ... O Aniversário de Isabela", primeira publicação brasileira com preparações funcionais voltada para crianças, em parceria com uma escritora de Santa Catarina
Presidente e Idealizadora do Projeto Crescer e Semear (desde 2015), realizado pela ONG – Instituto Alice Henrique de Campos Gonçalves, também presidido pela mesma, que só em 2018 está alcançado 4500 crianças, 50 merendeiras de 13 escolas públicas da cidade de Blumenau/SC. Crescer e Semear' é um projeto social, sem fins lucrativos, que tem como intuito mudar a EDUCAÇÃO de nossas crianças por meio da ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E SABOROSA. Repensar a alimentação, incentivar hábitos saudáveis e, principalmente, ensinar como se alimentar com saúde e qualidade nutricional.
Informações de imprensa:
Assessoria de Imprensa: Ana Lima Comunicação
Ana Felix - Assistente de Comunicação 11 98744-1868
contato@analimacomunicacao.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PREFEITURA DE SURUBIM ENTREGA LIVROS E KITS ESCOLARES PARA ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Segundo o site Assessoria de Imprensa Prefeitura de Surubim PE: Os alunos da nossa Rede Municipal de Ensino começaram a receber os Kits Esco...