domingo, 13 de janeiro de 2019

Homem é detido com lista de possíveis locais para ataques; SSPDS nega lista apontada por delegada

Segundo o site https://www.opovo.com.br: Ele foi preso em flagrante por equipe da Força Nacional. O homem tinha 34 passagens, como vítima, pela Polícia
Um homem foi detido na manhã deste domingo, 13, portando lista com locais que possivelmente seriam novos alvos para ataques. A delegada Ana Cristina Lima e Silva, do 11º DP, que recebeu o caso, pretende enquadrá-lo por crime de terrorismo. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio da assessoria de imprensa, negou a existência da relação de lugares que suspostamente sofreriam atentados.
 
De acordo com assessoria de imprensa da SSPDS, o homem, que foi preso e já foi posto em liberdade, "é um morador de rua, frequenta um cemitério (não especificou qual) e tem costume de fazer listas de pessoas. Anotando data de nascimento e da morte". Estas seriam os escritos que estariam com ele quando foi preso, segundo a SSPDS.
 
Conforme a delegada Ana Cristina, o suspeito fo flagrado por equipe da Força Nacional na área do 7º Distrito Policial (DP), localizado no Pirambu. O indivíduo foi levado ao 11º DP e encaminhado posteriormente à Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Para não atrapalhar as investigações, não seriam divulgados quantos e quais locais estavam na lista. A relação incluiria locais que foram alvos nesta onda de atentados. A identidade do homem detido também não foi informada.                                  
A Força Nacional, segundo a delegada, chegou ao suspeito por meio de denúncia anônima. Ele estaria fotografando a garagem de uma empresa de ônibus. O homem portava mochila e estava com objetos por baixo da blusa. Ao perceber a chegada dos agentes de segurança, ele teria tentado fugir e descartado parte de seus pertences. A Polícia suspeita que, entre os objetos descartados, estivessem explosivos. 

Segundo a delegada, foi apreendido com ele R$ 1 mil em um envelope lacrado, duas máquinas digitais, um carregador e um cabo de dados. A delegada do 11º DP, Ana Cristina Lima e Silva, não revelou o conteúdo das fotos, mas descreveu o teor das imagens como “preocupante”. 
Terrorismo 
 
“Eu, como autoridade policial, a princípio, o enquadraria na Lei de Segurança Nacional”, afirma a delegada. Em sua visão, o indivíduo estava nos atos preparatórios para cometer terrorismo. “A lei do terrorismo é muito recente e não tem aplicação, mas eu, diante do que eu vi aqui eu colocaria na lei nº 13.260 nos atos atentatórios ao terrorismo”, opina. 

O homem ainda estaria portando duas carteiras profissionais com profissões ainda não regulamentadas. Ponto que chamou a atenção da delegada foi o fato de ele ter 34 passagens pela Polícia como vítima. Mais informações devem ser divulgadas apenas com o andamento das investigações. “Isso é só a ponta do iceberg”, acredita Ana Cristina.
 
A assessoria de imprensa da SSPDS informou que o suspeito não pode ser enquadrado no crime de terrorismo, porque não existe tipificação específica para o caso do homem preso. A SSPDS também ressaltou que as ocorrências relativas à onda de ataques das facções estão centralizadas na Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco).
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nordeste desmente petistas e recebe com festa Jair Bolsonaro (Veja o Vídeo) A Globo nao mostra isso

Segundo o site https://www.jornaldacidadeonline.com.br: Começa a desmoronar o ultimo reduto do PT Durante a semana, alguns petistas disser...