sábado, 13 de janeiro de 2018

Veganismo expande-se ao setor de luxo

Segundo o site https://www.noticiasaominuto.com: A tendência é que as marcas se afastem de produtos fabricados através de peles de animais na indústria de moda.Veganismo expande-se ao setor de luxoNão há dúvida de que o conceito vegan está a ganhar cada vez mais presença e não é só no setor da alimentação. Este ano, a tendência é de expansão ao setor das marcas de moda de luxo, revela um estudo. A tendência é de afastamento de produtos fabricados através de peles de animais na indústria de calçado de luxo, evitando também atividades em que os animais possam ser usados ou explorados, segundo o relatório The Future 100, citado pela revista Forbes.
Atualmente, marcas como a Jimmy Cho ainda utilizam componentes animais.
Em alternativa, as marcas que já adotaram este estilo de consciencialização social utilizam resíduos de abacaxi, cascas de maçã, cogumelos e vinho ao invés de peles de animais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário