sexta-feira, 14 de abril de 2017

Candidata a vereadora que fez apologia ao crime é morta em Belém

Segundo o site www.newsatual.com: A ex-candidata a vereadora nas Eleições 2016, Andreza Ariani Castro, conhecida como “Senhorita Andreza”, que foi acusada de fazer apologia ao crime, foi morta a tiros no bairro da Cabanagem, em Belém, no Pará, na noite desta quinta-feira (13). Ainda não há informações sobre os assassinos. Andreza, que era filiada ao Partido Comunista do Brasil (PC do B), foi morto em via pública com vários tiros, sendo que alguns atingiram a cabeça. O marido dela já havia sido morto no mesmo bairro em dezembro do ano passado.
“Senhorita Andreza” chamou a atenção nacional após aparecer em um vídeo chamando os amigos para uma festa onde supostamente haveria o uso de drogas ilícitas.             Após a publicação do vídeo, em 2016, ela chegou a ser presa por envolvimento com o tráfico de drogas e apologia ao crime. Durante as eleições, o partido chegou a se pronunciar sobre a candidatura de “Senhorita Andreza” dizendo que ela representa a realidade da juventude da periferia.
A senadora do Amazonas, Vanessa Grazziotin, que é do mesmo partido, apoiou a candidatura de Andreza quando esteve em Belém. Elas chegaram a gravar um vídeo juntas.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pacientes fazem cota para comprar materiais no Otávio de Freitas

Segundo o site https://tvuol.uol.com.br:  Nos corredores do Hospital Otávio de Freitas, localizado no bairro de Tejipió, na Zona Oeste do Re...