Câmara Municipal de Surubim

Câmara Municipal de Surubim
Câmara Municipal de Surubim

Lua dos Cervos acontece nesta quarta-feira (13); saiba como observar

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Fenômeno astronômico ocorre quando o satélite natural da Terra encontra-se em seu ponto de maior proximidade com o Planeta

Nesta quarta-feira (13), acontece um evento astronômico conhecido como Lua dos Cervos ou “Buck Moon”. Trata-se de uma superlua, fenômeno que ocorre quando o satélite natural da Terra encontra-se em seu ponto de maior proximidade com o Planeta. Na Região Metropolitana do Recife, será possível observar o evento a olho nu e em locais como o Observatório Astronômico de Olinda - que preparou uma programação especial para os interessados em conferir de perto a lua gigante.                                                                                                            Segundo Cleiton Batista, coordenador do Observatório Alto da Sé, em Olinda, a Lua dos Cervos recebe este nome graças a uma tribo canadense chamada Algonquim, que ligava o fenômeno ao ciclo de crescimento anual dos chifres de cervos machos da região. “No hemisfério Norte, ela também pode ser chamada de Lua dos Trovões, porque lá é inverno e coincide com a época de pancadas de chuvas do verão e trovões”, explica o especialista.

A Lua dos Cervos iniciou o seu ciclo a partir de 6 de julho, quando entra na fase de quarto-crescente e se caracteriza a Superlua quando o fenômeno atinge o ápice, neste caso, dia 13 de julho.

“Uma superlua ocorre quando o nosso satélite natural, a Lua, se encontra no ponto de maior proximidade com a Terra (perigeu) e, ao mesmo tempo, se encontra na fase cheia”, explica Batista”. 

Como assistir ao evento 
De acordo com o coordenador do Observatório, o evento astronômico poderá durar até 12 horas, em que será possível acompanhar desde o seu nascimento (no leste), até o momento em que a superlua deverá se por. No Observatório, o público terá das 17h50 até as 20h para contemplar o evento.                                                                                                            “O Observatório contará com quatro telescópios para observação da "superlua" e com o auxílio de monitores que guiarão as observações. O público, além de observar, também poderá levar um registro da Lua, através do seu próprio smartphone", conta Cleiton.


Para observar a Lua dos Cervos, é simples. "Não é necessário nenhum cuidado quanto à observação da Lua, seja a olho nu ou com os telescópios. A recomendação é que, caso alguém vá observar, procure um local com segurança”, finaliza o coordenador do Observatório Alto da Sé.     
 

Postar um comentário

0 Comentários