Câmara Municipal de Surubim

Câmara Municipal de Surubim
Câmara Municipal de Surubim

Empresário é preso em Jaboatão suspeito de integrar grupo que exportava cocaína para portos europeus

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Um empresário de 41 anos foi preso em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, suspeito de integrar uma organização criminosa especializada em tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro

A prisão ocorreu nessa quarta-feira (13), durante a "Operação Maritimum", da Polícia Federal, deflagrada em Pernambuco e outros seis estados - Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Ceará e Pará. O grupo investigado utilizava o transporte marítimo para exportar cocaína para portos europeus

O grupo atuava em terminais portuários do Nordeste e Sudeste, tendo como base as cidades de Natal, Salvador e a Baixada Santista. Cerca de 350 policiais participaram da ação e cumpriram 46 mandados de prisão preventiva e 90 mandados de busca e apreensão.

Em Pernambuco, foram cumpridos um mandado de prisão e dois de busca e apreensão. Segundo a PF, contra o empresário, que atua no ramo de transportadora e logística, foi cumprido um mandado de prisão preventiva e um de busca e apreensão na residência dele, um flat em Barra de Jangada. No local, foram apreendidos dois celulares, um notebook, dois Hds e uma agenda.

Ainda de acordo com a PF, o empresário, que não teve o nome divulgado, passará por audiência de custódia e, caso seja confirmada a prisão preventiva, ele será encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu Lima, na RMR, onde ficará à disposição da 2ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio Grande do Norte.                                                                                            

 

Já o segundo mandado de busca e apreensão foi cumprido num galpão situado no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana. No local, a PF afirmou não ter encontrado nenhum material que pudesse ser de interesse da investigação.

Entenda a atuação dos criminosos

A Polícia Federal identificou, no final de 2021, um grupo logístico que introduzia entorpecentes em cargas de frutas e outras mercadorias que teriam como destino os portos da Europa.

Durante as investigações, foram realizadas apreensões de drogas nos Portos de Santos/SP, Salvador/BA, Natal/RN, Fortaleza/CE e Barcarena/PA, além da interceptação de cargas nos países europeus de destino - Bélgica, França e Países Baixos. Ao todo, cerca de oito toneladas de cocaína foram apreendidas.

A PF informou, ainda, que pessoas físicas e empresas foram utilizadas para lavar o dinheiro do crime, ocultando e dissimulando a origem dos valores ilícitos com o objetivo de criar uma rede de tráfico internacional de drogas por intermédio da exportação de mercadorias. Das contas bancárias dos investigados, a polícia realizou o bloqueio de R$ 169,6 milhões.

Os presos responderão por organização criminosa, tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e  outros crimes que ainda estão em apuração e não foram divulgados.


        


Postar um comentário

0 Comentários