Câmara Municipal de Surubim

Câmara Municipal de Surubim
Câmara Municipal de Surubim

Homem tem surto psicótico, ameaça pessoas com enxada e acaba morto por guarda à paisana

 Segundo o site https://noticias.r7.com: Caso aconteceu em Franco da Rocha, na Grande SP. Prefeitura afastou agente da função até o fim da investigação 

Um homem foi morto por um agente da GCM (Guarda Civil Municipal) após um surto psicótico, em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, na tarde desta quinta-feira (2). 

Guardas-civis foram acionados para dar apoio na área de ambulância da UBS (Unidade Básica de Saúde) Lago Azul, localizada na avenida Tonico Lenci, para conter um paciente.


Ao chegarem à unidade médica, os guardas tentaram conter o rapaz, que já havia agredido pessoas e danificado parte do local. Pacientes e funcionários expulsaram o homem da UBS.

O jovem saiu do endereço e foi em direção a uma loja de materiais de construção, abordou uma pessoa e anunciou o assalto. Na sequência, pegou uma enxada e passou a ameaçar a vítima, que entregou R$ 60 para que o agressor saísse do comércio.

O homem também entrou em uma lanchonete e passou a atirar potes de condimentos no chão e tentou agredir uma funcionária. Carregando a enxada, ele passou a caminhar entre os veículos que transitavam na via.                                    De acordo com informações da Record TV, enquanto estava no meio da rua, o agressor danificou diversos carros após desferir golpes de enxada. Em dado momento, um GCM à paisana notou a confusão, desceu do veículo e tentou negociar com o rapaz.

Imagens de um circuito de segurança flagraram o instante em que o agente pede ao homem  que se renda e largue o objeto. Mas o agressor avança em direção ao guarda.

O GCM reage e dispara contra o suspeito, que cai no chão. Mesmo recebendo os primeiros atendimentos, o homem não resistiu aos ferimentos.                                  De acordo com familiares do rapaz, o homem estava em surto psicótico desde quarta-feira (1º) e por isso procurou auxílio médico.

A Prefeitura de Franco da Rocha informou que abriu um processo administrativo para apurar o caso. Ressaltou também que o guarda que atirou no paciente ficará afastado da função até o fim das investigações.

O caso foi registrado no Distrito Policial de Franco da Rocha.    

Postar um comentário

0 Comentários