Brasileiro assina multa com nome falso e acaba preso em Shizuoka

 Segundo o site https://www.alternativa.co.jp/Noticia: Ele estava dirigindo sem carteira de habilitação e foi parado por um policial

Shizuoka - Um brasileiro de 26 anos foi preso em Shizuoka (capital da província de mesmo nome) na quinta-feira (9) por falsificação de documento assinado, depois de dar um nome falso a um policial que o multava por dirigir sem carteira de habilitação, informou o Shizuoka Shimbun.

O brasileiro foi parado por um policial em 13 de abril em uma rua no distrito de Shimizu, em Shizuoka, e foi constatado que ele não era habilitado para dirigir.

O brasileiro se apresentou com um nome que não era o dele e foi multado, assinando o papel com esse nome, mas a polícia descobriu posteriormente que as informações que constavam no talão de multa eram falsas.

No Japão, a pena por falsificação de documento assinado (yuuin shibunsho gizou-zai / 有印私文書偽造罪) é de 3 a 5 anos de prisão, e pode aumentar para até 10 anos se o crime estiver vinculado a fraude.

A pena por dirigir sem habilitação (mumenkyo unten / 無免許運転) pode chegar a 3 anos de prisão ou multa de ¥500 mil.

O brasileiro também está sendo acusado de ter dirigido um carro sem registro em uma outra ocasião em abril.                                                       Foto: iStockphoto



Postar um comentário

0 Comentários