Rotam troca tiros com assaltantes; 3 são presos e um morre

 Segundo o site https://www.gazetadigital.com.br: Assaltante identificado como Diego Campos Batista Barcelos, 22, morreu na madrugada desta terça-feira (17), após ser baleado em uma troca de tiros com policiais da Ronda Ostensiva Tática Móvel (Rotam) da Polícia Militar. Ele e os comparsas tinham acabado de cometer um roubo e estavam sendo procurados pelas equipes de segurança.

Segundo as informações apuradas pela reportagem do , por volta das 23h, equipe da Rotam foi informada sobre 4 homens em um veículo Nissan Kicks que realizaram um roubo no bairro Santa Terezinha. Armados, os criminosos tomaram um veículo Montana branco de roubo.

 

Leia também - Vereadora tem vídeo íntimo vazado na internet e aciona a Polícia Civil

 

Já por volta de 1h desta terça-feira, em rondas, a Rotam flagrou o veículo Nissan no bairro Praerinho e realizou a abordagem. O motorista, de 35 anos, confessou a participação no crime e ainda entregou os comparsas, que estavam armados na casa do “Macarrão”, ali no mesmo bairro.

 

Policiais se descolaram até o local citado e, quando chegaram na rua, foram surpreendidos por um Etios branco que fez uma manobra brusca na frente da viatura. Ao perceber a presença da PM, os suspeitos tentaram atirar. O motorista do Etios deu ré, tentou fugir, mas bateu em um poste. Três homens desceram do carro e tentaram atirar contra os policiais.

 

Um deles, 35 anos, foi preso na hora. Já outro, de 22 anos, foi baleado na perna ao tentar atirar em um dos policiais. Diego foi o único que conseguiu correr, pulando muro de várias casas e entrou em um Centro Espírita. Lá, ele ficou escondido e atirou contra os policiais, momento que foi baleado.

 

Assaltante chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital Municipal de Cuiabá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 4h. Polícia descobriu ainda que o veículo Montana foi produto de roubo no dia 30 de abril no bairro Santa Cruz 2. Já o Montana, que também é roubado, foi levado para o Cisc Verdão. Caso está sendo investigado.

Postar um comentário

0 Comentários