Pintor de 23 anos é morto a tiros na sala da casa da mãe no Dia das Mães

 Segundo o site https://tvjornal.ne10.uol.com.br: Os suspeitos subiram as escadas do imóvel e atiraram pela janela; a mãe da vítima se escondeu no guarda-roupa

Jovem de 23 anos é assassinado em Camaragibe - FOTO: Tv Jornal

Com informações do repórter Waldson Balbino, da TV Jornal

O pintor Maximiliano Rodrigues da Silva, de 23 anos, foi assassinado na sala da casa da mãe no último domingo (8), em Camaragibe.

De acordo com testemunhas, dois homens chegaram em um carro branco, estacionaram e subiram as escadas do imóvel, que fica no primeiro andar.

Em seguida, efetuaram vários disparos pela janela.

Ainda segundo as testemunhas, o jovem havia passado a noite em uma festa e, por volta das 4 horas da madrugada, ele teria chegado à casa da mãe.                                                                                                                                Algum tempo depois da chegada do jovem, a família acordou com o barulho dos disparos.

Ao ouvir os tiros, a mãe da vítima se escondeu no guarda-roupa.

"Foi só o tempo de ele fechar a porta, e os tiros começaram. Foi aí que eu tive que me esconder no guarda-roupa até os vizinhos chegarem", contou.    

A mulher disse ainda que instruía o filho com muitos conselhos, uma vez que o jovem era usuário de drogas.

Ela lamentou ter perdido o filho mais novo no dia das mães.

"Para todas as mães, isso serve de exemplo. Eu até avisei para ele não ir, mas ele insistiu", disse                                                                                                De acordo com a perícia, o pintor foi atingido por dois tiros de calibre 12, um no rosto e outro no tronco.

Uma equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local e deu início às investigações.

A autoria e a motivação do crime estão sendo investigadas, e podem ter relação com o tráfico de drogas.                                                                              Segundo a Polícia, a vítima tinha passagem pelo sistema penitenciário.      


Postar um comentário

0 Comentários