Pernambuco conta com reforço de bombeiros da Paraíba e Minas Gerais, além do Exército e Marinha

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias/pernambuco: Equipes, vindas de outros estados, são especializadas no atendimento em caso de deslizamentos. O Exército e a Marinha estão colaborando, respectivamente, com 100 e 20 profissionais

Trabalho intenso para lidar com os estragos provocados pelas chuvas na Região Metropolitana do Recife. A partir deste domingo (29),  Pernambuco conta com reforço de dez bombeiros enviados pela Paraíba e  oito bombeiros vindos de Minas Gerais, além dos 92 soldados nomeados no sábado (28) pelo governador Paulo Câmara. 

Os profissionais, vindo de outros estados, são especializados no atendimento em caso de deslizamentos. O Exército e a Marinha estão colaborando, respectivamente, com 100 e 20 profissionais, além de seis embarcações. As escalas estão reforçadas também no IML, para que remoções e perícias, além de serviços de assistência social e apoio, ocorram com maior eficiência e no menor tempo possíveis, mitigando o sofrimento das famílias das vítimas.                                                              



Ainda na manhã deste domingo, o Grupamento Tático Aéreo realizou o resgate de 12 pessoas que estavam ilhadas em áreas alagadas e sem acesso por terra. Outra ação importante das três aeronaves empregadas na RMR foi levar água e alimentos para comunidades isoladas ou fortemente atingidas, a exemplo do bairro da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes.

Atualmente, as equipes estão atuando em 12 pontos de deslizamento, com auxílio de cães e equipamentos. Do sábado para a madrugada do domingo, o Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMAR) resgatou 593 vítimas ilhadas em várias localidades da Região Metropolitana do Recife.

No Recife, os resgates foram realizados no Coqueiral, Imbiribeira, Ipsep e Tejipió. E em Jaboatão, houve atendimento na Vila Dois Carneiros, Socorro e Muribeca.


Desde sexta-feira (27), mais de 46 mil chamados foram feitos ao 193, com deslocamento das equipes.    

Postar um comentário

0 Comentários