Câmara Municipal de Surubim

Câmara Municipal de Surubim
Câmara Municipal de Surubim

Mamulengueiro Mestre Saúba é assassinado em Carpina

 Segundo o site https://www.folhape.com.br: Representante da Cultura Popular, ele foi morto nesta sexta-feira (20) em uma comunidade de Carpina

Morreu nesta sexta-feira (20), aos 69 anos, Mestre Saúba, representante da cultura popular, conhecido pela arte do mamulengo. Saúba foi assassinado na comunidade Loteamento Três Marias, em Carpina, Mata Norte do Estado. Ele chegou a ser socorrido para o Recife mas não resistiu.

Antônio Elias da Silva, o Mestre Saúba, trabalhava como mamulengueiro e era também brincante junto aos bonecos de sua autoria, Benedito e Dona Lindalva, com quem dançava e atraia a curiosidade popular.                        



Em nota divulgada em rede social, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult-PE/Fundarpe), lamentou o falecimento do artista, desejando que a família do Mestre Saúba encontre conforto, diante do “fato tão brutal” que lhe tirou a vida.


Saúba, apelido que veio do formigueiro
O apelido de Antonio Elias, Mestre Saúba, veio de uma artmanha cometida por ele na juventude. O que se sabe é que ele ganhou a alcunha depois que botou a mão em um formigueiro de saúbas, para tirar um relógio que havia caído no local.

Com mais de quatro décadas de arte, Mestre Saúba fez seu nome na arte do mamulengo a partir dos aprendizados que teve ao lado de outro Mestre, Pedro Rosa, também de Carpina. 

Além de mamulengueiro, Saúba ganhou fama pela dança que fazia com D. Lindalva, boneca de madeira que o acompanha em apresentações, atraindo o público, já que se tratava de uma boneca em tamanho real. Some-se a isso a sua habilidade como ventríloquo do boneco Benedito.           

Postar um comentário

0 Comentários