Prefeitura de São Lourenço da Mata decreta situação de calamidade pública devido às chuvas

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: A decisão foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco (Amupe)

A prefeitura de São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife (RMR), decretou, nesta quinta-feira (24), situação de emergência e calamidade pública nas áreas afetadas pelas intensas chuvas que ocorreram nos dias 21 e 22 de março. A decisão foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco (Amupe). A cidade teve o segundo maior índice de chuvas do Estado, atrás apenas do município de Camaragibe.                                                                      Por conta dos danos materiais observados pela Defesa Civil Municipal, no decreto, o prefeito Vinicius Labanca destaca a “necessidade de amparar e auxiliar a parcela da população afetada pelas chuvas”. Além da “necessidade de manutenção das medidas sanitárias e administrativas voltadas ao enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus”. 

De acordo com a coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe), o objetivo do município é desenvolver as medidas administrativas de atendimento ao desastre que acometeu a cidade devido às fortes chuvas. 

“O município foi um dos que registrou maior índice pluviométrico nos últimos dias, com 150mm apenas no primeiro dia de chuvas, ou seja, 95% do que estava previsto para todo o mês de março”, destacou na nota.

Segundo o órgão, nove pessoas estão desalojadas em São Lourenço. Em todo o Estado, 948 pessoas tiveram que deixar as suas  casas

 

Postar um comentário

0 Comentários