Alemanha se opõe ao embargo de gás, petróleo e carvão russos

 Segundo o site  https://www.folhape.com.br/noticias: 'Se amanhã na Alemanha ou na Europa as luzes se apagarem, isso não vai parar os tanques', disse ministro

Os ministros das Relações Exteriores e das Finanças da Alemanha se manifestaram, neste domingo (6), contra a proibição de importação de gás, petróleo e carvão da Rússia como parte das sanções contra a invasão da Ucrânia.

"Você tem que ser capaz de manter (as sanções) ao longo do tempo", explicou a chefe da diplomacia alemã, Annalena Baerbock, à rede ARD. "As sanções serão inúteis se em três semanas descobrirmos que temos apenas alguns dias de eletricidade na Alemanha e que as sanções devem ser revertidas".

"Estamos dispostos a pagar um preço econômico muito, muito alto", mas "se amanhã na Alemanha ou na Europa as luzes se apagarem, isso não vai parar os tanques", acrescentou Baerbock em entrevista à rede ZDF.                                                                                                                Os países do G7 anunciaram em um comunicado na sexta-feira sua intenção de impor "novas e severas sanções" contra Moscou "em resposta à agressão russa" contra a Ucrânia.

 

Postar um comentário

0 Comentários