Header Ads Widget

header ads

Heróis do dia a dia: conheça pessoas e projetos que se dedicam ao próximo durante todo o ano

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Ações promovem campanhas solidárias e beneficentes

“Se tem gente com fome, dá de comer.” Os versos do poeta pernambucano Solano Trindade (1908-1974), ativista do movimento negro, escritos em 1944, dão nome à campanha nacional que surgiu durante a pandemia causada pela Covid-19 com o objetivo de entregar cestas básicas, kits de higiene e cartões alimentação a famílias em situação de vulnerabilidade.                                                                                              Realizada pela Coalizão Negra por Direitos e entidades parceiras, a ação mapeou mais de 200 mil famílias e arrecadou, até então, mais de R$ 20 milhões, usados para diminuir a insegurança alimentar das pessoas beneficiadas. No Estado, a campanha é gerenciada pela Articulação Negra Pernambuco (Anepe), movimento que reúne 26 coletivos.                            A assistente social Ingrid Farias, de 32 anos, é uma das coordenadoras da ação. “Eu comecei a me envolver com causa solidária no meu bairro, na adolescência, por volta dos 14 ou 15 anos”, contou. Entre a infância e a juventude, ela, que hoje profissionalmente atua com o atendimento a pessoas em situação de rua, morou no Conjunto Dom Helder, em Jaboatão dos Guararapes, e em Brasília Teimosa, no Recife, onde reside.
Em Pernambuco, como explica Ingrid, a campanha “Tem Gente com Fome”, iniciada em março deste ano, distribuiu, até o momento, quase duas mil cestas agroecológicas, com valor equivalente a R$ 200, e cartões alimentação no valor de R$ 142,50, alcançando cerca de 9.500 pessoas, em ao menos 12 municípios, entre eles Moreno, Camaragibe, Vitória de Santo Antão e Garanhuns.

“Além das famílias atendidas, tem o beneficiamento também para os mercadinhos de bairros, porque a campanha orienta que as pessoas comprem os seus produtos em comércios locais”, lembrou. Nacionalmente, mais de 100 mil famílias já foram contempladas com a iniciativa.

Duas décadas de ações sociais


       

Postar um comentário

0 Comentários