Câmara Municipal de Surubim

Câmara Municipal de Surubim
Câmara Municipal de Surubim

Homem é preso suspeito de atirar em mulher assassinada em casa de rações em Abreu e Lima

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: O crime aconteceu no dia 21 de setembro e foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento

Um homem de 24 anos, de nome não divulgado, foi preso nessa quinta-feira (25) suspeito de atirar na mulher assassinada enquanto trabalhava em uma casa de rações em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife.

crime aconteceu no dia 21 de setembro e foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento.  Segundo a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), o suspeito foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), localizado em Abreu e Lima.

No dia 30 de setembro, outros dois suspeitos de participarem do crime foram presos. De acordo com a PCPE, os mandantes e autores intelectuais do crime foram à proprietária de uma casa de rações concorrente e o seu companheiro, preso desde dezembro do ano passado.
 


Os criminosos estudaram a rotina da casa de rações dias antes da execução do homicídio, que contou com a participação de mais dois presos que intermediaram o contato entre os mandantes e os executores do assassinato.

De acordo com a delegada Estefânia Azevedo, o irmão da vítima e proprietário da casa de rações para qual Suzana trabalhava, Roberto de Almeida, vinha sofrendo ameaças da mandante do crime.

Ainda segundo a delegada, Roberto trabalhou durante 10 anos na casa de ração concorrente. Depois que ele saiu e inaugurou outra loja, a poucos metros dessa primeira, a nova casa de ração conseguiu vários clientes e prosperava. Essa situação gerou descontentamento e sentimento de traição por parte dos ex-patrões de Roberto que planejaram o crime como forma de vingança.

O caso
Suzana Neves de Almeida morreu em 21 de setembro após ter sido baleada enquanto trabalhava na casa de rações, em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Ela trabalhava no estabelecimento quando dois desconhecidos entraram no local com uma arma de fogo e anunciaram um assalto. Os criminosos exigiram o dinheiro do caixa e a mulher atendeu, sem mostrar reação. Apesar disso, antes de fugir, os homens atiraram contra ela.

Suzana chegou a ser socorrida para a UPA de Cruz de Rebouças, em Igarassu, na Região Metropolitana, e depois foi transferida para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife. 

De acordo com a assessoria de comunicação do HR, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde cerca de duas horas depois de dar entrada no hospital.

Postar um comentário

0 Comentários