Header Ads Widget

header ads

Exército escolhe Pernambuco para sediar Escola de Sargentos, que vai concentrar 10 mil pessoas

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: O Comando do Exército Brasileiro definiu Pernambuco como sede da nova Escola de Formação e Graduação de Sargentos de Carreira.

 A cidade de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife (RMR), venceu a disputa com Ponta Grossa (PR) e Santa Maria (RS) para receber o centro de formação, que terá um investimento de R$ 1,4 bilhão.

A decisão foi comunicada oficialmente pelo comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira, ao governador Paulo Câmara, no início da noite dessa quinta-feira (21). O projeto vai concentrar cerca de 10 mil pessoas, entre alunos, professores, pessoal de apoio e familiares.

O Governo de Pernambuco se comprometeu a investir mais de R$ 320 milhões em obras de mobilidade, transporte público e infraestrutura hídrica e viária no entorno da área onde será instalada a instituição. A escola ficará em terreno de 150 hectares do projeto da Cidade da Copa, em uma região limítrofe entre os municípios do Recife, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Abreu e Lima e Araçoiaba.

O governador Paulo Câmara ressaltou os "meses de trabalho" do governo junto ao Alto Comando do Exército para a construção de um pacote de investimentos que tornaram Pernambuco "a melhor opção para receber a nova escola". 

“Quero agradecer ao comandante Paulo Sérgio Nogueira e ao seu Estado Maior pelo profissionalismo de todo o processo, assim como o empenho de todo o nosso time e da bancada pernambucana no Congresso Nacional, que muito contribuiu para mais essa vitória”, destacou o governador.

Já o general Paulo Sérgio Nogueira destacou o "acurado trabalho" de análise de possíveis locais em todo o território nacional.

"Parabenizo o Estado de Pernambuco pelo empenho em oferecer as melhores condições para a nova Escola e pelo resultado alcançado. O Exército Brasileiro também confraterniza com o povo pernambuco e, por extensão, com a população nordestina", disse, em ofício.

Em rede social, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), disse que a escolha levou em conta "dois anos de exaustivos estudos feitos pelo Comando do Exército Brasileiro". "Os critérios foram os técnicos, bem como aqueles que melhor atendessem os interesses da Força e a formação dos mesmos", afirmou o mandatário, que ainda parabenizou o Nordeste e Pernambuco pela conquista.                                A nova escola em Pernambuco centralizará dois importantes centros de treinamento do Exército: a Escola de Sargentos das Armas (EsSA) e a Escola de Sargentos de Logística. A primeira fica atualmente em Três Corações (MG), enquanto a segunda se localiza no Rio de Janeiro.

A instalação de Pernambuco será uma instituição de ensino de nível superior, responsável pela formação e graduação de sargentos combatentes de carreira das armas de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicações. 

A nova Escola também formará militares do quadro de Material Bélico, Serviço de Saúde, Música, Topografia e Aviação do Exército.

O Governo de Pernambuco também se dispôs a doar o terreno de mais de 150 hectares para que o Exército construa o complexo logístico, com valor estimado em R$ 79 milhões.

Serão investidos pelo Estado R$ 3,2 milhões na aquisição e disponibilização de uma área de cinco hectares, destinada à construção do Centro de Convivência e Bem-Estar que servirá à nova Escola de Sargentos.  


Postar um comentário

0 Comentários