Header Ads Widget

header ads

Temperatura começa a cair no País; na cidade de SP, mínima nesta quarta será de 9°C

 Segundo o site https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil: SÃO PAULO - O avanço de uma nova frente fria já faz a temperatura cair em boa parte do Brasil nesta quarta-feira, 28. 

No Sul, as marcações dos termômetros caem ainda mais e o aumento da umidade, provocado por um ciclone no oceano, deve resultar em neve a partir desta tarde nas serras gaúcha e catarinense. Na cidade de São Paulo, o dia permanece chuvoso e a temperatura varia entre 9°C e 16°C.

Ao longo desta quarta, um ciclone extratropical localizado no litoral do Rio Grande do Sul deve intensificar o vento na região e promover o aumento da umidade na campanha gaúcha e nas áreas serranas do Estado e de Santa Catarina, segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Aliado às baixas temperaturas, iniciadas ainda na segunda devido ao avanço de uma massa polar, o fenômeno deve resultar em neve já na tarde desta quarta, se estendendo pela noite.

Em Urupema, cidade catarinense considerada a mais fria do Brasil, os termômetros permanecem negativos durante quase todo o dia, com mínima de -6°C, segundo o Climatempo. O céu se mantém nublado e a queda de neve pode ocorrer a qualquer momento. A temperatura cai para -7°C nesta quinta e sobe para -5°C no sábado.                                        Até o fim da semana, geadas intensas continuam previstas para os três Estados da região Sul. Nas áreas de maior altitude, as mínimas chegam a valores entre -6°C e -8°C e podem atingir o recorde de -10°C. Na serra gaúcha a sensação térmica pode chegar a -25°C.

Nesta quarta, Curitiba (Paraná) é a capital da região com a menor temperatura prevista, 2°C, que deve ser atingida às 20h. Em Florianópolis (Santa Catarina) a mínima é de 7°C e em Porto Alegre (Rio Grande do Sul) de 4°C.

Mínima de 9°C na cidade de São Paulo

Os efeitos da frente fria começaram a mudar o tempo na cidade de São Paulo ainda no final da tarde desta terça. Já durante a noite, alguns pontos isolados da capital paulista registraram chuva. Na manhã desta quarta, a cidade amanheceu com tempo nublado, com mínima de 9°C, alcançada às 8 horas da manhã, e máxima de 16°C.

A queda da temperatura deve ser acentuada nos próximos dias, com perspectiva de geada e mínima de até 2°C na sexta, segundo o Inmet. A previsão difere da apresentada pelo Climatempo, de 4°C. Com a chegada do frio intenso, a Prefeitura determinou a criação de uma força-tarefa para reforçar o acolhimento à população em situação de rua a partir desta quarta.

Segundo o prefeito Ricardo Nunes (MDB), serão montadas cinco tendas em pontos estratégicos da capital para distribuição de sopas, cobertores, agasalhos e kits de higiene. Além disso, a pasta municipal vai disponibilizar novas vagas para abrigar a população em situação de rua que serão somadas às 340 já existentes em decorrência da Operação Baixas Temperaturas.

Avanço da frente fria

Segundo o Inmet, ao longo desta quarta, a frente fria que já está sobre boa parte do Estado de São Paulo avança e atinge o sul de Minas Gerais e, na sequência, Rio de Janeiro e Espírito Santo. A massa também se desloca para o Centro-Oeste e sudoeste da Amazônia Legal.

Na madrugada entre quarta e quinta, a queda de temperatura chega a 6°C em Rondônia, com mínima variando em torno de 16°C nesta quinta. Durante o fim de semana, ela avança para parte do Nordeste e ameniza as temperaturas quentes na região.

Na madrugada desta quarta, geadas fracas são previstas em Mato Grosso do Sul. Já na quinta, a previsão é de geada ampla para todo o Estado do Centro-Oeste, além do interior de São Paulo e da região da Serra da Mantiqueira, divisa entre São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A geada pode atingir o centro-sul de Minas e o sul de Goiás na sexta.

No Sudeste, o ápice do frio deve ocorrer entre quinta e sexta. Em boa parte da região, as mínimas ficam abaixo de 15°C e a menor temperatura é prevista para a Serra da Mantiqueira, entre -2°C e -5°C. No interior de São Paulo e no sul de Minas e do Rio também são previstas temperaturas negativas.   


Postar um comentário

0 Comentários