Header Ads Widget

header ads

Prefeito do Jaboatão apresenta projeto de requalificação da orla do município

 Segundo o site https://www.folhape.com.br/noticias: Segundo a prefeitura, investimento passa dos R$ 20 milhões

O prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, apresentou, nesta quinta-feira (1º), o projeto de requalificação da orla da cidade, com investimento que ultrapassa os R$ 20 milhões. A ação prevê, na primeira fase, a construção, inicialmente no bairro de Piedade, de um calçadão com dois quilômetros de extensão.   
De acordo com o prefeito, um dos grandes destaques é que a nova orla será restrita às pessoas, sem circulação de carros. “O nosso calçadão será diferente dos que costumamos ver nas orlas de Pernambuco. É um calçadão onde não transitará carros”, disse.
                                          No local, também haverá equipamentos de lazer e esportes: “Terá pista de cooper, equipamentos de esporte, cultura e lazer, e também a ciclofaixa. Teremos equipamentos como o ecoparque, como também a estação de alongamento, parques de academias de idosos, estações de academias da juventude, fora as práticas de esportes e as práticas que muitos gostam de fazer, que é a caminhada, a corrida”, comentou Ferreira. “A praia é um espaço público, é um espaço para todos. Aqui, não tem diferença entre o pobre, o rico. Não precisa pagar nada para estar na orla”, acrescentou.

Segundo a gestão municipal, serão instaladas, na nova orla, estações de alongamento; academias do idoso, da saúde e espaços adaptados para pessoas com deficiência; ecoparques infantis, áreas com estrutura voltada a crianças com deficiência e praça de eventos. O projeto prevê, ainda, construção de calçadão, requalificação de calçadas, pista de cooper, ciclovia e sistema de iluminação de LED. 

                               Secretário executivo de Turismo e Cultura de Jaboatão, André Trajano afirmou que o projeto representa um marco para a região. “É uma obra aguardada há décadas.                                          Todo o trade turístico está em polvorosa pela quantidade de investimentos e atrativos turísticos, equipamentos turísticos que vão chegar no munícipio.                                     Então, realmente, a gente já tem a maior orla, faixa de areia aqui do litoral, e agora a gente vai ter a melhor orla através dos equipamentos, através de ciclofaixas, pistas de caminhadas, através de equipamentos de esporte e lazer. Então, é um marco, não só para o município de Jaboatão, como também para o estado de Pernambuco”, apontou.

O evento, realizado na Praia de Piedade, contou com a presença de vereadores, representantes dos setores imobiliário, trade turístico e bares e restaurantes.

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (Sinduscon/PE), Érico Furtado, afirmou que projeto incentivará o investimento do empresariado no município. “Nós, empresários, precisávamos dela [nova orla], para nos incentivar a voltar a investir no município do Jaboatão dos Guararapes. Quando o poder público entra com a infraestrutura, a iniciativa privada entra com o desenvolvimento”, disse.
                                       A diretora-executiva do Recife Convention & Visitors Bureau, Gabriela Diaz, destacou que a nova orla também incentivará o comércio de bares e restaurantes: “Essa obra com certeza vai trazer novos investimentos não só no turismo, não só de novos hotéis, mas de restaurantes, de opções de lazer. E isso vai ser um pontapé para o desenvolvimento do turismo da cidade”.
                            Presidente da Câmara de Vereadores do Jaboatão, Adeíldo da Igreja, frisou o caráter democrático da requalificação da orla. “A praia é a área de lazer onde o pobre tem direito, sem ser restringindo em nenhum momento. O povo de Jaboatão está sendo presenteado por essa grande obra”, afirmou.

                                     De acordo com a prefeitura, a primeira fase da obra, que contemplará a construção do calçadão com 2 Km quilômetros de extensão, tem previsão de entrega até o fim deste ano. “Esse projeto ainda é muito maior, nós estamos aqui anunciando, dando a ordem de serviço, da primeira etapa, que vai contemplar 2,5 Km. Mas todo nosso projeto é um projeto de R$ 20 milhões”, comentou Anderson Ferreira.

Segundo o prefeito, a obra completa prevê 8 Km de extensão. “Então, tem mais surpresa ainda pela frente, nessa estrutura que nós vamos montar em toda a orla da nossa cidade, com ciclofaixas que vão ligar uma cidade à outra”, ressaltou.


 

Postar um comentário

0 Comentários