Header Ads Widget

header ads

MG lança campanha para alertar riscos do cerol e da linha chilena

 Segundo o site https://www.sbtnews.com.br/noticia/brasil: Iniciativa tenta sensibilizar população para o perigo do uso e da comercialização de linhas cortantes para empinar pipas

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) iniciou ontem (21.jul) a segunda edição da campanha on-line "A Vida por um Fio". A iniciativa tem como objetivo alertar a população sobre os riscos do uso de cerol e linha chilena para empinar pipas e incentivar a denúncia do comércio ilegal desses materiais.

A campanha tem como foco o mês de julho, quando são exercidas as férias escolares e as atividades de empinar pipas aumentam. A ação contará com vídeos e peças gráficas que serão distribuídos para a população ao longo dos próximos dias.

Entre as recomendações, a Sejusp ressalta o perigo de empinar os brinquedos perto de linhas elétricas, no alto de telhados e lajes ou em locais movimentados, especialmente se estiverem com linhas cortantes. Também não é recomendado a atividade em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos.

Denúncias

Segundo balanço do Disque Denúncia Unificado (181), apenas no primeiro semestre de 2021 já foram recebidas 426 denúncias de comércio ilegal de linha chilena e cerol em Minas Gerais. 

De acordo com a lei estadual, em vigor desde dezembro de 2019, a multa para quem for flagrado vendendo linhas cortantes varia de R$ 3.590 a R$ 179 mil (para casos de reincidência). Já quando a linha cortante apreendida estiver em poder de criança ou adolescente, seus pais ou responsáveis legais serão notificados da autuação e o caso será comunicado ao Conselho Tutelar.

Postar um comentário

0 Comentários